Já fui muitas coisas. Já estive tantas outras. Já mudei de opinião e me reinventei diversas vezes. Já acertei, já errei, disse coisas em que não acredito mais e acredito em outras que antes não acreditava. Não me envergonho de quem eu fui, de quem eu sou e de quem eu serei. Rio de mim mesma, amadureço, vivo! Hoje sou apenas um bichinho de estimação curioso, ávido por novas brincadeiras e desafios. Um bichinho que gosta de brincar, ronronar, se esfregar, mas que também arranha um pouquinho às vezes. Um bichinho que não sabe se definir, mas que com toda a certeza ainda sabe SENTIR. E eu sinto que eu não posso mais viver sem o BDSM na minha vida. Eu preciso vivê-lo intensamente. Eu preciso me entregar a esse fetiche, esse desejo, essa loucura, como quer que chamem, mas eu preciso. O tempo passa, as coisas e pessoas mudam, mas uma coisa prevalece em mim: Essa vontade que me consome, esse desejo em ter meu corpo dominado, minha mente subjugada, meus desejos cedidos a outro. E eu prossigo, me perdendo em labirintos, abrindo e fechando portas, tentando encontrar uma saída que me leve de encontro aos meus desejos mais secretos.=^.^=

Escrito por princess kitty

Incitando o abismo (O Carrasco – parte 3)

BDSM

Morbidez. Sordidez. Insanidade. Controle.
Eu podia sentir tudo isso vindo daquele quase beijo que sugava o que havia dentro de mim.
Terror e pânico agitavam o meu ser, mas havia um quê de conforto nisso. Um estranho conforto em saber que meu destino estava traçado, que por mais que eu quisesse fugir Dele não conseguiria.

Ele descobre meus olhos e a máscara cobre novamente seus lábios, minhas mãos estão algemadas acima da minha cabeça. Tento me contorcer abaixo Dele, tento lutar contra o inevitável que sei que acontecerá...

BDSM

Ele segura meus cabelos com força, me faz olhar nos seus olhos e repete a palavra que me faz tremer toda vez que é dita por Ele: “MINHA!!!”

Minha mente fica inebriada, meu corpo vulnerável, frágil, exposto.  Próprio para ser usado e violentado pelo Carrasco.
E Ele me violenta. E me toma. E me penetra. E me usa.
Apanho. Sou mordida. Sou surrada a cada tentativa de revidar.
Sou sodomizada. Rasgada. Machucada. Ele me força. Ele me obriga. Obriga a engoli-lo. A chupá-lo. A sugá-lo. A satisfazê-lo. Forçada a atender seus desejos.  Repetidas vezes. Meu sexo exposto. Aberto. Meu corpo dolorido. Usado.
Estou indefesa. Ele me olha, me humilha, me toca com devassidão, me quebra fisicamente e mentalmente... e continua... continua a me estuprar...  com um desejo, uma sede de me possuir que nunca senti antes...

BDSM

Estuprada. Desejada. Sinônimos.
Sua brutalidade versus minha delicadeza.

Depois de tanto me usar, Ele me deixa lá, jogada em um canto, no chão, nua, encolhida, meu corpo mal consegue se mover, não sei quanto tempo passa, não tenho forças para levantar ou tentar fugir, fecho meus olhos, sinto minhas pálpebras pesadas e estranhamente adormeço...

Acordo. Sinto algo gelado deslizando na minha pele. Estou na cama outra vez. Não sei como fui parar ali. Continuo a sentir algo gelado, quase cortante deslizando sobre mim... Tremo. Fico arrepiada. E vejo. Vejo o Carrasco passando um pequeno punhal pelo meu corpo... solto um gemido abafado de surpresa...

BDSM

Ele aproxima o punhal do meu rosto, arregalo meus olhos, Ele passa o punhal pelo meu pescoço e para bem no meio dos meus seios, junto ao meu coração que pulsa descompassadamente. Sua voz penetrante invade o ambiente: “MINHA! PARA O BEM OU PARA O MAL. PARA O QUE EU QUISER. SEU CORPO. SUA MENTE. SUA VIDA.”

Ele desce o punhal e começa a me cortar agilmente, pequenos cortes, riscos, rabiscos, ardem, doem, me fazem gemer, suplicar. Vejo o sangue brotar na minha pele... riscos, são apenas riscos, nem uma letra, nem uma palavra, nem um desenho, nada. Não. Ele não faria a marca Dele em mim. Não agora. Ainda não. Sentia algo vindo Dele enquanto Ele me cortava e olhava. Uma certa inquietação e ao mesmo tempo uma segurança absoluta. Dualidade.

BDSM

E enquanto sentia isso, sentia mais, sentia o abismo Dele penetrar dentro do meu.
E se fundir e misturar. E me puxar. E me arrastar. E...

BDSM

Continua...


Miaubeijos =^.^=

26 comentários:

mari disse...

Que delicia de ler! Beijos gatinha

InSANNO disse...

um belo relato que resume um instinto básico, intenso e prazeroso...

muito bem descritos...

Anônimo disse...

MINHA.

Giulia G disse...

Ta cada vez melhor kittyzinha. Bjs.

submissa leia disse...

Que delicia te ver dando asas as tuas fantasias mais loucas!

Beijão


João Pedro disse...

Ah como eu queria se esse carrasco kitty e te chamar de minha.

BJS

Sr Ruy disse...

Instigante demais!

suli linda disse...

Impressionante como você coloca uma intensidade, um desejo no que escreve que nos faz desejar isso também...

Beijos gatinha

Katy disse...

kitty

quero mais e mais e logo
beijinhos

Mister K disse...

Está excelente!

tati baby fox disse...

Apesar de dar um pouquinho de medo, raposinha encantada aqui com esse conto...

bejobejbejo

ps: se voce demorar muito vou lançar a campanha kitty volta pro facebook

Cavaleiro AZZO disse...

E eis que quando ela menos esperava ele surgiu e a tomou só para si.Bjs.

Andrea Campos disse...

Esse carrasco ta me deixando com agua na boca, que desejo todo é esse gata? Bjsssssssssss

Master Marcelo disse...

Esse conto desperta meus instintos de lobo faminto. Mas já disse quero um conto de Lobisomens gatinha, faz esse agrado pro teu amigo aqui. Sentindo falta da tua alegria no face. Quando volta? Beijos!

Cadela submissa disse...

Esse "Minha" ai em cima deixou essa cadela com as pulgas atras das orelhas kkkkkkkkk

beijos e latidos

Garota dos olhos de mel disse...

Adorando

Ruiva in Red disse...

Gosto do jeito que mistura fantasia e real e faz com que me sinta dentro da historia. Parabéns kitty.

Beijos da ruiva

Sofia disse...

Sou tua fã gatinha, AMOOOOOO teus contos!

Beijoks

Sofia

ana sub disse...

Gatinha

Essa continuação me deixou igual lagartixa aqui kkkkkkkkkkkkk
Coloca logo a proxima parte

Beijocas

Anjo Negro disse...

Desvendar teus desejos e realiza-los todos.
Eis a minha meta.

luly disse...

To tão curiosa pra saber quem é esse carrasco.
Beijos

Isabela bdsm disse...

Tá boa demais essa sequencia. E as músicas dão um show a parte. Beijos.

Segredo disse...

HUUUUUUMMMMMMM

Sem palavras

Lord disse...

Sempre surpreendendo com tuas escritas, consegue ser extremamente sexy e nada vulgar. Mas de você não se podia esperar outra coisa mesmo.

Beijo grande

Eidy disse...

Oiii Kitizinha lembra de mim sua amiga baunilhinha? Acho que já sabe que me separei né? Olha estou vivenciando algo novo e estou muito confusa preciso da sua ajuda, pois acho que sem querer cruzei o caminho de um dominador, me mande por favor seu imail , para que eu te mande a descrição do aconteceu e vc me diz depois com toda sua experiencia se estou realmente pisando em um "campo minado", voce me ajuda? Não sei se devo postar no meu blog entende? depois vc me diz se devo ou não postar mais queria que vc le-se primeiro. fico no aguardo do seu contato Beijossss , haaaaaaa estava com saudades do seu cantinho , td continua muito lindo e excitante !! Beijosss kity!

princess kitty disse...

Oi Eidy ^_^

Claro que lembro de você querida!
Meu miauemail: princesskittypink2@gmail.com

Miaubeijos com carinho e saudades =^.^=

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...