Já fui muitas coisas. Já estive tantas outras. Já mudei de opinião e me reinventei diversas vezes. Já acertei, já errei, disse coisas em que não acredito mais e acredito em outras que antes não acreditava. Não me envergonho de quem eu fui, de quem eu sou e de quem eu serei. Rio de mim mesma, amadureço, vivo! Hoje sou apenas um bichinho de estimação curioso, ávido por novas brincadeiras e desafios. Um bichinho que gosta de brincar, ronronar, se esfregar, mas que também arranha um pouquinho às vezes. Um bichinho que não sabe se definir, mas que com toda a certeza ainda sabe SENTIR. E eu sinto que eu não posso mais viver sem o BDSM na minha vida. Eu preciso vivê-lo intensamente. Eu preciso me entregar a esse fetiche, esse desejo, essa loucura, como quer que chamem, mas eu preciso. O tempo passa, as coisas e pessoas mudam, mas uma coisa prevalece em mim: Essa vontade que me consome, esse desejo em ter meu corpo dominado, minha mente subjugada, meus desejos cedidos a outro. E eu prossigo, me perdendo em labirintos, abrindo e fechando portas, tentando encontrar uma saída que me leve de encontro aos meus desejos mais secretos.=^.^=

Escrito por princess kitty

MiauPerspectivas... =^.^=

Oi meus miauamores!

Hoje vim aqui contar para vocês das minhas andanças de gata de rua e de tantas coisas novas que tenho descoberto e me fascinado. Existem varias, mas nesse post quero falar sobre algo que sempre considerei um limite, que sempre abominei e desprezei, algo que mexe com o emocional da sub, algo que sempre fui radicalmente contra e jamais sequer cogitei vivenciar, sim estou falando de sadismo emocional.

Kittenplay

Todos que me conhecem sabem que eu NÃO sou masoquista emocional. Sou uma pessoa miaufeliz e quero ser feliz nos meus fetiches também. Mas sei e entendo que existem subs que são masoquistas emocionais. Esse tema é até um pouco de tabu: “Como alguém pode querer sofrer emocionalmente?” mas sim, existe e precisamos respeitar a opinião e principalmente o DESEJO de cada um.

Kittenplay

Eu sempre imaginei que Sádicos emocionais (e talvez haja os que sejam assim) não falassem claramente, exercessem esse poder sob a sub de forma velada, envolvendo-a e atraindo-a para uma armadilha emocional. Para a minha surpresa conheci um Sádico emocional extremamente simpático, afável e envolvente (sim, eu sei isso faz parte do jogo Deles, não sou miaubobinha rsrs) mas além disso, extremamente honesto e franco nos seus desejos. Ele me disse logo de cara que era um “Sádico fdp desgraçado” palavras Dele, e que sentia um prazer enorme em ver a sua posse chorar, e que sim era Sádico emocional. Discuti MUITO com Ele sobre diversos outros assuntos, mas admito que Ele conseguiu despertar minha miaucuriosidade e o desejo em mim em muitos pontos. E isso me fez perceber que limite é só uma questão de perspectiva, porque quando você encontra um Dominador que mexe com algo no seu íntimo, dentro de você, pouco importa se aquilo é contra suas convicções BDSM ou não, se aquilo te atrai ou não, o que você quer, no meu caso eu como sub, é agradar. E se para agradar você precisar passar por algo que abomina para conseguir se entregar do jeito que deseja e principalmente a quem deseja? O que
você faria?

Kittenplay

Sei que sadismo e masoquismo emocional é algo sério, não é brincadeira de criança, mas e se o seu desejo em experimentar foi despertado, o que fazer? Eu sempre disse aqui que acredito que somos responsáveis pela nossa própria felicidade e não devemos jogar isso em cima de ninguém. Será que consigo passar por uma experiência assim, envolver-me com um Sádico declaradamente emocional e me manter centrada e feliz? Honestamente eu não sei, nem sei se irei mesmo arriscar, mas o desejo existe e é grande, as possibilidades são infinitas e se tratando de desejo, prazer e fetiches não devemos ter pré- conceitos estabelecidos e sim viver o que nos desperta a libido, mexe com o nosso íntimo e nos faz querer pedir sempre mais...

Kittenplay


Miaubeijos =^.^=

10 comentários:

Dinhão disse...

Bom , eu tenho uma visão em relação ao sadismo emocional, sim, existem pessoas que possuem este tipo de "personalidade" o que faz com que o jogo possa ter um tempero a mais é realmente ter um (a ) sub no caso que não "case " com a característica de ser masoquista emocional, porque aí eu acredito que a graça perderia e o Dominador em chique provavelmente não teria aquela satisfação que gostaria , penso muito em relação a questão do aftercare , será que após o Dominador em questão for dominar a submissa que não tem este preparo, fica traumatizada, em choque, e totalmente desnorteada , teoricamente o attercare é necessário em toda sessão, mas será que até isso será descartado ? eu me lembro de um caso muito pesado de sadismo emocional , aonde uma Dominadora com seu sub , marcou uma sessão com uma garota lésbica ( nunca tinha ficado com homem ) e o que a Domme pediu ? para que ela tivesse relações sexuais com seu submisso, ela querendo satisfazer a vontade da Domme, aceitou, fez aquilo, mas com nojo, chorava , ficou destruída , a cada movimento dele nela, era nítido o desespero, a ânsia que ela sentia , terminado isso a Dominadora a deixou no hotel , e ela chorando, estava feito um sadismo totalmente emocional, emocional que por sinal foi estraçalhado , cada um tem que saber os riscos que assume e ver se realmente vale a pena, ainda acho isso uma ferramenta muito pesada, e fica na dúvida, será que vale a pena mesmo ver seu sub (a ) sofrendo assim ?

Solyni ღ disse...

Concordo com o Dinhão, apesar de você já saber disso, não custa lembrar que o dialogo é imprescindível nesses momentos, safewords e coisas do gênero, também.
Desejo tooooda a sorte nas suas descobertas, linda Kitty.
Vou te seguindo de perto.
Mordidinhas de anjo ღ

mary vega disse...

kitty linda

eu sou masoca emocional e as pessoas nao entendem... corajosa voce ao tocar nesse assunto

beijos

ana sub disse...

Gatinha linda

Sabe o quanto te adoro e respeito só quero que você se cuide e faça o que for melhor para você. Beijos.

Médico e Monstro disse...

kitty

Esse é um jogo perigoso, bom ver que esta desenvolvendo novos pensamentos porem tem de estar ciente dos riscos e implicações.

Beijo

pamêla disse...

Gatinha

Ja tive minha dose com um sadico emocional kitty e te digo quanto mais ele te arrasa emocionalmente mais ele gosta, eu tive a minha auto estima elevada a zero, zero.

Foi muito intenso e tive momentos deliciosos com ele so que ele tambem me fez muito mal kitty eles sao insensiveis ao seu sofrimento e tristeza.

Nao embarca nessa nao gatinha, essa vontade de experimentar passa mas o estrago que ele faz em voce pode nunca passar.

Beijos e carinhos

pamêla

Lord disse...

Um Dom que te seduz pode quebrar qualquer limite e balançar com o mundo de uma submissa, cabe a submissa determinar ate onde ele deve ir ou não. Lembre-se as escolhas são sempre suas princesa!

Beijo grande

Perséfone Core disse...

Kittyzinha!!!

Sempre fui curiosa com as várias nuances e intensidades do mundo BDSM. Relações TPE, RACK e por aí vai. Assim como sou curiosa com os masoquistas emocionais - coisa que também não sou e não sou atraída, apenas desejo saber.

Mas, sabemos que alguns apreciam e devemos respeitar. Mas cabe aqui perguntar: vc está preparado (a)???? Está preparada e consciente dos riscos? Sabe que algo pode sair errado? Tem consciência de que É VC que está procurando e é ADULTO SUFICIENTE, para depois não VITIMAR-SE e atribuir TODA CULPA ao TOP???

Sim kittyzinha, eu falo isso pois sou contra a vitimização dos bottons. Submissos pra mim, são seres fortes, conscientes e responsáveis. Que sabem até onde e podem ir. Que pesquisam, que procuram saber. Conversam e analisam suas impressões. Pois a masoquista emocional, depois que tudo passa, ela infelizmente, na maioria das vezes, vai cuidar-se, sozinha! Lamber suas próprias feridas.

...

A admiro por ter essa iniciativa. Vc é uma submissa que além de linda, tem discernimento. Analisa os diversos contextos e escreve aqui suas opiniões. Passa isso pra gente. Mas sou um ser suspeito né??? Pois lhe adoro demais!!! Kkkkkkkkk.

Vc é a miau que amoooo como chocolate!!!

Beijos kittyzinha!!!
{perséfone core}_DC

Lory Cat disse...

Entendo o que vc esta passando,antes de conhecer meu Dono eram mil coisas que jamais faria e depois que nos vimos e conversamos, muito coisa caiu por terra ,podemos dizer que Ele abalou meu mundo e hoje vou tendo conhecimento de praticas que não faria antes,mesmo que seja devagar e diante da suprema paciência dele comigo,acho que tudo depende da conversa de vcs 2.
Beijos e lambidas.
Lory_Cat

As Minas do Rei Salomão disse...

Boa reflexão gatinha mas é sempre bom se tomar cuidado antes de se envolver num jogo assim. Você é uma gatinha inteligente e curiosa tenho certeza que saberá o que é melhor para você.

Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...