Já fui muitas coisas. Já estive tantas outras. Já mudei de opinião e me reinventei diversas vezes. Já acertei, já errei, disse coisas em que não acredito mais e acredito em outras que antes não acreditava. Não me envergonho de quem eu fui, de quem eu sou e de quem eu serei. Rio de mim mesma, amadureço, vivo! Hoje sou apenas um bichinho de estimação curioso, ávido por novas brincadeiras e desafios. Um bichinho que gosta de brincar, ronronar, se esfregar, mas que também arranha um pouquinho às vezes. Um bichinho que não sabe se definir, mas que com toda a certeza ainda sabe SENTIR. E eu sinto que eu não posso mais viver sem o BDSM na minha vida. Eu preciso vivê-lo intensamente. Eu preciso me entregar a esse fetiche, esse desejo, essa loucura, como quer que chamem, mas eu preciso. O tempo passa, as coisas e pessoas mudam, mas uma coisa prevalece em mim: Essa vontade que me consome, esse desejo em ter meu corpo dominado, minha mente subjugada, meus desejos cedidos a outro. E eu prossigo, me perdendo em labirintos, abrindo e fechando portas, tentando encontrar uma saída que me leve de encontro aos meus desejos mais secretos.=^.^=

Escrito por princess kitty

O último miau

BDSM

"Nossa história de amor foi épica, e não serei capaz de falar mais de uma frase sobre isso sem me afogar numa poça de lágrimas. (...) Não vou falar da nossa história de amor pra vocês, porque como todas as histórias de amor de verdade, ela vai morrer com a gente, como deve ser." (A Culpa é das Estrelas - John Green)

BDSM

Esse blog conta uma história, uma história de amor e BDSM, uma história que durou 3 anos e 7 meses mas que infelizmente acabou. Esse blog vai fazer uma pausa. Não vou esquartejar meu blog e nem a nossa história. Por enquanto tudo ficará exatamente como está, a nossa história ficará guardada. Ao menos nessas imagens e linhas nossa história continuará a existir na imaginação de quem nos lê, nos sonhos de quem fantasia e nas nossas recordações...

BDSM

Nós vivemos uma história linda, intensa, cheia de altos e baixos. Não existem culpados e nem inocentes pelo nosso término, a não ser as circunstâncias de tudo o que aconteceu. Apesar de ter terminado de um jeito muito doloroso, essa história valeu cada segundo vivido, foi um sonho que se tornou realidade e me fez ser o bichinho mais feliz do mundo enquanto durou.

BDSM

Talvez algum dia eu volte a miar por aqui, talvez eu resolva miar em outra freguesia, ou talvez meus miados fiquem eternamente silenciados...  Ainda é muito cedo para saber, mas por enquanto quero deixar aqui, o meu último miau:

         ...Miauuuuu...

"Parei de falar porque realmente não há mais nada a ser dito e há uma espécie de dor pungente onde meu coração se encontra." (Jogos Vorazes - Suzanne Collins)

Miaubeijos =^.^=

24 comentários:

DARK Escarlatte disse...

Digo que é preciso mais que audácia para saber a hora de parar;

Quem agora vai me fazer visitas sem horas marcadas, e fazer-me ri?! Já há saudades.

Sophysticada disse...

Gatinha...

Estou realmente muito surpresa, conte comigo para o q precisar...

Big bjooo

Sexy Butterfly Borbs disse...

Como assim, último Miau?

Ah, gatinha...nem quero falar nada...se precisar, sabe onde achar esta borboletinha que tanto te admira...

Beijos borboléticos!

{ÍsisdoEgito}JZ - Tua, somente tua disse...

Querida,

li tudo o que escreveu e de repente, travei a respiração e então, parei de pensar.
Respirei findo e comecei a escrever...

Sei exatamente o que significa vir aqui no blog e tentar escrever o que não conseguimos.
Se as nossas lagrimas se convertessem em letras, tudo ficaria mais fácil, porém, não se convertem.

Essa dor que sente agora, já a senti querida, e sei
que nos corta o coração: é uma dor pulsante e asfixiante.
Uma dor vísceral, como era vísceral o que vocês viviam...

Por isso, o posso dizer-lhe é que apesar de sabermos que tudo passa, e que o tempo sabe o que faz e como faz, a dor é contínua e é foda aguentar todo esse turbilhão de pensamentos, ang ustias e emoções que nos tomam conta do corpo, da mente e do coração...
Mas aguente amada, aguente.

Cale os seus miados por um período breve, tempo necessário para cicatrizar feriadas.
E volte forte, com seus miados gostosos e que já deixam saudades.

Estou triste, pois quem vivencia relações intensas com a de vocês, fica triste quando vê que algo lindo e precioso terminou.

Cuide-se lindona.

Beijos carinhosos e chorosos,

ÍsisdoJUN

Satine disse...

Cara, conheci seu blog sábado e como eu nunca tive contato com BDSM, eu fiquei bem assustada, heh. Fiquei pensando em como alguém podia se submeter, pensei que era tenso, um pouco doentio o negócio dos pregos agulhas etc (lol, blog de bdsm, eu esperava o que?) e me perguntei bastante sobre a relação. E agora que eu leio essa mensagem, fico chateada porque a relação de vocês acabou =(

Independente da minha aproximação com o assunto, parece que o amor de vocês é/era bem intenso, e eu fico super triste com relacionamentos que acabam. Espero que vocês voltem ou que pelo menos, tenham terminado de bem um com o outro.

Beijos gatinha, melhoras!

P.S - Falei que achei um pouco doentio mas to entrando todo dia aqui haha, talvez eu seja uma futura sub XD

eduarda de dom lk disse...

tbm fiquei surpresa e triste ... mas o tempo se encarregara de levar essas dor horrivel que vc deve estar sentindo ... e quando isso passar volte a miar pois sentiremos saudades bjs

eduarda de dom lk disse...

oi eu tbm fiquei surpresa e triste por vc gatinha linda ... mas o tempo se encarregara de levar essas dor embora e quando isso ocorrer volte pois sentiremos saudades de seus miados ... força ... bjs

Ayesk@ disse...

Kitty, gatinha linda...
É com os olhos rasos e com tristeza que li e senti sua dor.
Nunca... ninguém, além dos romances que gosto de ler, me fez ficar tão encantada com o estilo "BDSM", como você!
Com seu jeitinho meigo, a sua história de Amor me encantou e me fez enxergar com outros olhos o que era ser um bichinho de estimação tão amado.
Sempre tive você e o Sr. Tatsui como um exemplo e sempre; nos baixos que se referiu, sempre torci para que que continuassem juntos.
Desculpe...

Lindas as palavras de John Green.

Esse ano tem sido difícil para quase todas as pessoas que conheço na Blogosfera e a única coisa que posso oferecer é minha amizade, carinho, respeito e admiração.

Sabe onde e como me encontrar gatinha, quando quiser conversar e cafuné, estou a sua disposição...


Beijos doces, tristes e saudosos de você!

Vitrine de Esposas disse...

Kitty apesar de agente não se falar a muito tempo, fico triste e angustiado pelo seu sofrimento... se precisar de algo saiba que poderá contar sempre comigo.
Luis CPS

Rainha Fllor disse...

Saiba que ao ler sua despedida fiquei realmente triste e surpresa em saber do termino de sua relação,queria lhe dizer muitas coisas neste momento,mas na verdade as palavras me fogem,então lhe deixo um abraço apertado neste momento.
Beijos carinhosos e tristes querida.
Rainha Fllor.

aldrey disse...

Nossa querida!!Sinto muito pelo ocorrido,mas a vida tem disso mesmo,as coisas acontecem sem explicação,é bola pra frente,pois a vida segue e ela é maravilhosa,deve ser vivida com grande intensidade!!bjsss

O caminho de perséfone core disse...

Kittyzinha, vc é uma das poucas pessoas que conhece minha história, sabe bem das agruras que passei. Por isso imagino o que está sentindo. E consegui superar, ou melhor, consegui suportar. A Vida veio e me forçou a isso...a gente não fica no mesmo lugar, jamais.

Tenho imenso carinho por ti e um afeto que não consigo explicar. A gente apenas sente e isso basta.

Não adianta dizer pra não ficar tristinha, que isso vai passar, que isso é passageiro...não adianta. A tristeza é só nossa, faz parte da gente e nós que sabemos quando ela está amenizando e até quando vamos permitir que ela fique. Só a gente conhece nosso tempo.

Mas, apesar de tudo, vc está viva!!! És linda, carismática e muito querida por todos nós!!! Vai encontrar mecanismos pra superar tudo isso e tenha certeza, pode contar comigo quando precisar!

Eu gosto muito de ti, por sua humanidade, por sua sensibilidade! E desejo de todo meu coração a sua felicidade e bem estar!!!

Estarei por perto...

Beijos!


{perséfone core}_DC

Solyni disse...

Já morrendo de saudades, será sempre parte de mim e da minha produção literária, com certeza. Estarei sempre aqui, mesmo não sendo uma conhecida, para ajudar.
Beijos de Anjo

Luke, o submisso disse...

ate me espantei quando soube da noticia através da minha exdona, bom, as vezes as coisas tem de acontecer
so espero que o que vier em diante seja bom para você, e que esse rompimento não tenho sido de maneira "ruim"

Felicidades e abraço, que tudo se resolva :)

Mar... disse...

Minha gatinha dengosa...não vou dizer que sinto muito ou que é uma pena...
Caraca deu certo por mais de 3 anos, e sei que foram momentos maravilhosos...
Estou sempre aqui se vc precisar...
Vai doer, mas também com a certeza de que foram tempos de muito amor e muita coisa boa...tudo é aprendizado...
Qualquer coisa me envie e-mail sua lindona...
Amo vc
bjs carinhosos...

Mar... disse...

Minha gatinha dengosa...só tenho uma coisa para te dizer: Estou sempre com vc...qualquer coisa me envie e-mail
Ti amo, bjs

Edgar disse...

Isso é completamente impossível. O blog que deu cara a muitos blogs, me serviu de inspiração e coragem para criar o meu, esta dando o último miado. Poxa, isso realmente me corta o coração!!!

Espero que os miadinhos voltem, não posso ficar sem a gatinha e as suas fantásticas histórias!
No mais, toda sorte do mundo pra ti, que as experiências vividas sirvam apenas como degrau pra mais amadurecimento.

Seja feliz, seja feliz!

Saudades da gatinha.

luara disse...

Kitty ,é realmente uma pena saber do silenciar de seus miados ...Despedidas são sempre dolorosas , e cada um que acompanhou a sua história e agora passa por aqui , sente um pouco dessa dor .
Infelizmente tudo início , meio e fim , e a sua foi uma relação linda , intensa e cheia de amor... uma relação que , mesmo que com seus altos e baixos ,era admirável e inspiradora , que contribuiu para que iniciantes , como eu , encontrassem bons entendimentos de submissão .
Encontramos não apenas isso , mas também alegria e leveza no servir, assim como a simpatia , o carinho e a amizade com que vc sempre me recebeu .
Seus miados deixam saudade , e meu desejo é que eles voltem a ecoar tão logo seu lindo coração se cure , e que essa dor dure apenas o tempo necessário e nem um minuto a mais .
Deixo meu carinho , um abraço bem apertado e minha amizade ...beijos e fique bem , querida .
luara .

Conde Vlad disse...

Digo-te que nesta vida, em sua essência tem seu começo, meio e fim. Saber aceitar estes momentos como uma das constantes variáveis da vida é um sinal de maturidade.

Agora que acabou, há de se ter o tempo para se interiorizar, vêr o que se aprendeu, e o que se perdeu, o que levar consigo, e o que esquecer (Sim, esquecer também faz parte do universalísmo e não quer dizer que com isso você está negligênciando seu passado, porém, pode simplesmente estar se protegendo e seguindo adiante, entenda como um mecanísmo de defesa).

Eu só posso desejar que seu momento de introspecção seja o mais breve possível, porque a vida não vai te esperar se recuperar. A vida é como um rio que vai continuar fluíndo e você será pega pela correnteza novamente.

Cate seus cacos e toca o barco, porque a vida não vai te esperar, e se você ficar tempo demais refletindo, pode acabar perdendo momentos preciosos dessa vida que é tão curta.

Veja... Haverá momentos para saudade, mais o ideal é que se recorde com carinho e não com sofreguidão.

O que acabou/acabou... portanto, siga em frente.

Deixe que o destino se encarregue do que está por vir.

Se for da vontade de ambos que um dia volte, voltarão, não porque ficaram tristes pela separação, mais sim porque ficariam felizes de se reencontrar novamente. Assim são as universalidades. Tudo tem seu ponto focal a espera de acontecer.

Se tiverem que seguir caminhos diferentes para o resto da vida, que cada um siga o seu caminho sem prejudicar a evolução do outro, e que ambos vivam a vida tão intensamente quanto viveram enquanto juntos.

O que o futuro pode nos reservar. Talvez emoções menores, mais devemos sempre em busca de ir ao encontro das emoções maiores. SEMPRE.

Olhar para trás, é um alento, fácil, para fracos e covardes...

Olhar para frente, de cabeça erguida, esse sim é o verdadeiro desafio que ambos devem seguir, e repito, se ambos erguerem suas cabeças, encontraram a felicidade novamente, senão juntos, porque não separados.

A VIDA NÃO VAI TE ESPERAR.

Esse é o meu toque positivo para tí Gatinha. Gosto bastante docê viu? Se quiser conversar mais sobre o assunto, me dá um toque.

Beijão.
Conde.

Minha Alma Submissa disse...

Puxa, Kitty!
Lembro-me de quando comecei a espiar mais seriamente o BDSM, meu Dono me indicou um blog de uma sub(para inspiração e conhecimento)que Ele achava belo... Eu disse a Ele que havia encontrado o seu e que com ele havia me identificado muito mais , pela forma moleca, sincera e gostosa com a qual vc escrevia. Era fácil sentir sua verdade... Vc me `acolheu` com palavras doces no meu. Foi gentil e simples. Por diversas vezes busquei algo aqui para tentar sanar minhas dores e/ou incertezas, mesmo sem vc saber... Fiquei triste mesmo, com esse `miau` de despedida. Mas enquanto estivermos vivos, existirá a reticencia. Nao admitirei te dizer adeus. Um beijo muito grande no seu coraçãozinho. Se precisar bater um papo, um dia desses quando tudo isso for menor...Estarei por aqui! Agradeço pelo bem que suas palavras fizeram , a mim e a muitos(as). Sinta se abracada, e se doer também na gente ajudar a diminuir um pouco essa sua dor, agora ela já estará pequenininha. Cuide - se, gatinha. {dany}_Dom Alex

Ulisses Reis ® disse...

Fico triste, mas toda mudança requer força e pensamento positivo, pois pode ser para um novo e maravilhoso recomeço, nunca sabemos o que o Universo nos guarda e pense sempre que ele conspira a favor, espero que continue numa nova fase, saudades e desejo tudo que merece e quer, beijos !!!

Moranguinho com Chocolate disse...

Kitty,sem palavras pra dizer o que senti quando vi o titulo do seu post. Me assustei e corri aqui pra ver. E enquanto fui lendo fiquei cada vez mais sem palavras...
Uma gatinha fofa que vai sempre morar no meu coração...
Seu blog foi o que mais me deixou ainda mais curiosa pra descobrir esse delicioso mundo BDSM, algumas coisas que vc postou aqui ainda me causam medo, outras já estou tb amando muito...
Vc vai fazer falta por aqui com seus miados e seu jeito meigo...
Só posso desejar que quem sabe quando tudo estiver bem, vc volte a miar...

Bjinhus com chocolate!!!

Azrael disse...

Infelizmente toda história tem seu ponto final. Pena o de vcs chegou tão brevemente.

A história de vcs era inspiradora e um modelo a ser seguido. Que vcs fiquem bem e que a vida lhes reserve, a ambos, mais sorrisos que lágrimas.

kittykarla_MT disse...

A primeira vez que li seu blog, foi pq meu Amo mandou. E confesso que desde então venho acompanhando e torcendo... Eu sei o que está sentindo, sou um bichinho que já sofreu muito com esses "altos e baixos"... Hoje estamos bem, a relação até foi oficializada, com aliança de corpo, dedo anelar e alma. Não há dor que não se cure, sorte no amor, na dor e na vida!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...