Já fui muitas coisas. Já estive tantas outras. Já mudei de opinião e me reinventei diversas vezes. Já acertei, já errei, disse coisas em que não acredito mais e acredito em outras que antes não acreditava. Não me envergonho de quem eu fui, de quem eu sou e de quem eu serei. Rio de mim mesma, amadureço, vivo! Hoje sou apenas um bichinho de estimação curioso, ávido por novas brincadeiras e desafios. Um bichinho que gosta de brincar, ronronar, se esfregar, mas que também arranha um pouquinho às vezes. Um bichinho que não sabe se definir, mas que com toda a certeza ainda sabe SENTIR. E eu sinto que eu não posso mais viver sem o BDSM na minha vida. Eu preciso vivê-lo intensamente. Eu preciso me entregar a esse fetiche, esse desejo, essa loucura, como quer que chamem, mas eu preciso. O tempo passa, as coisas e pessoas mudam, mas uma coisa prevalece em mim: Essa vontade que me consome, esse desejo em ter meu corpo dominado, minha mente subjugada, meus desejos cedidos a outro. E eu prossigo, me perdendo em labirintos, abrindo e fechando portas, tentando encontrar uma saída que me leve de encontro aos meus desejos mais secretos.=^.^=

Escrito por princess kitty

O poder do colo do Dono...


Os pregos da palmatória raspando no meu bumbum... pressionando, apertando, causando-me um mar de sensações...

O seu poder sobre mim aumenta cada vez mais...

O melhor lugar do mundo para mim é o colo do meu Dono...

Quando estou no seu colo, o mundo para, só existe aquele momento... suas mãos esquentando e avermelhando meu bumbum, meu corpo contra o seu e um mundo de prazer e dor...

Imagem pessoal de princess kitty

Meu Dono havia ordenado que eu pegasse a palmatória de pregos. A entreguei a Ele e deitei-me ao seu lado, aconcheguei-me em seus braços e ficamos alguns momentos juntinhos entre carícias e brincadeiras.

Então meu Senhor sentou-se na beirada da cama e bateu com as mãos em seu próprio colo, indicando que era para deitar-me ali. Faço um pouco de charminho, levanto-me e começo a fazer uma “massagem” em suas costas, o olhar do meu Dono é duro e firme, e eu obedeço-o, encaixando meu corpo suavemente no seu colo.

Só de encaixar-me ali já fico imediatamente molhada... hummm que sensação gostosa estar no seu colo..., sentir-me indefesa, exposta, com o bumbum empinado, pronta para ser castigada...

submissa no colo do Dono spanking BDSM

Os biquinhos dos meus seios enrijecem, meu corpo todo reage ao seu colo... a excitação é imensa...

Slapt! Começam as palmadas... primeiramente com as mãos... deixando meu bumbum vermelhinho, esquentando-o, adoro seu toque, suas mãos batendo-me fortes, precisas, enlouquecem-me...

De repente sinto algo raspar no meu bumbum, deslizar e perfurar ao mesmo tempo, meu Dono repete esses movimentos arranhando-me com a palmatória de pregos, e reveza-os com golpes intensos do outro lado da palmatória... pregos raspando, furando, pancadas fortes, dor e prazer sentidos ao extremo, misturados... dessa vez não me mexi, não tentei escapar, fiquei quietinha em seu colo sentindo o ardor, a dor e o tesão crescente...

Imagem pessoal de princess kitty

Não resisto... entre envergonhada e sem jeito peço para o meu Dono... pergunto ao meu Dono se posso... Ele me pergunta o quê... demoro um pouco para responder, mas continuo pedindo... até que respondo timidamente: “Posso gozar Senhor?” Ele responde afirmativamente. Continua me batendo... e eu gozo... apanhando... meu primeiro orgasmo assim, apenas com a dor, sem nenhum outro estímulo sexual...  isso me faz entender que o poder do meu Senhor sobre mim, cresce cada vez mais...

Ele então enfia seus dedos dentro de mim, estimulando-me ainda mais, fazendo valer seu poder sobre mim, me levando a orgasmos ainda mais intensos em seu colo, sinto-me humilhada por estar naquela posição, com o bumbum para cima, sendo tocada intimamente e deleitando-me de tanto prazer...

Humilhação, dor, vergonha, clímax, colo, palmadas, estou em êxtase...

Permaneci quietinha durante todo o castigo, permitindo-me entregar aquele momento sem rebeldias ou manhas, apenas sentindo, apenas entregando-me, apenas sendo um bichinho, apenas sendo SUA.

Depois de castigar-me pelo tempo que desejou, meu Dono manda que eu me lave... desencaixo do seu colo com cuidado, pois meu bumbum sangra... e assim eu vou, humilhada, de bumbum ardendo, quase rastejando e feliz... estranhamente feliz...

Imagem pessoal de princess kitty


Miaubeijos =^.^=

21 comentários:

龍戦士 disse...

Hhmmm... Dono adora colocar o bichinho no colo! ^^

Nessa hora, fica ainda MAIS obediente, bem quietinha, imóvel ... fica perfeita!
E o orgasmo simples e puramente pela dor e estar nessa posição, deixou ainda melhor!!!

Beijos, meu bichinho amado!
龍戦士

{princess kitty}龍戦士 disse...

Sr 龍戦士

Miauuuu... bichinho não consegue esquecer essa experiência, estar no seu colo é sempre um momento único para mim.

Miaubeijos, te amo MUITO!!! =^.^=

Ana Mariah disse...

Oi Kitty,, passando por aqui pra deixar te um carinho... e inevitavelmente parei aqui.
Apesar de não entender o bdsm, devo confessar com todo respeito do mundo que ler vc e suas experiências é muito gostoso, intenso e mexe com a imaginação da gente...realmente um prazer ver tanta dedicação, amor, carinho e respeito numa relação!
Parabéns a vc e seu Dono...mil bjos e se puder estarei sempre por aqui!!!

Isabel disse...

uauuuuuuuuuuuuuuuu, mais um post pra deixar a gente de boca aberta... adorei.

maria disse...

Es un placer leerte aunque me cueste en tu idioma.
un beso.
maria

escrava branca disse...

Querida kitty

Já tive essa experiência de gozar só com a dor e realmente é inesquecível, isso mostra o quanto somos dependentes desse tipo de estímulo e dos nossos Dominadores.

Beijos

escrava branca

Garota dos olhos de mel disse...

Gatinha

Você descreve tão bem que sinto como se estivesse ali vivendo tudo isso.

Beijinhos

Garota

João Pedro disse...

kittyzinha

Linda e deliciosa como sempre! Ah quando eu vejo esse seu bumbum assim todo machucadinho... ^^

BJS

JP

Giulia G disse...

Ai que colinho gostoso esse!
Beijos, gatinha!

Giulia

Isabela bdsm disse...

Concordo com você kitty, o colo do Dono é o melhor lugar do mundo!

Gostoso D+ acompanhar tuas sessões!

Beijos

Sol e Lua BDSM disse...

Kitty

Sempre trazendo relatos gostosos e intensos! Adoro!

Beijos da Lua

Lord disse...

Hummm melhor coisa ter um bumbum branquinho pra ser castigado, as gotinhas de sangue são a cereja em cima do bolo.

Beijo grande

Amateurvoyeur.com disse...

O BDSM me atrai muito. Seu blog é um dos melhores que conheço, parabéns!


Japan Sex

Bela do Mar... disse...

Te leio e ardo de desejos kitty, a entrega, o abandono absoluto a ponto de chegar ao orgasmo só com a dor é muito lindo... Encontrar alguém com esse poder absoluto sobre a gente não é fácil...

Beijos lindinha

Bela

Jessica Submissa disse...

Miguxa

Mas que gatinha obediente você está ficando, até ficou quietinha pra apanhar... e GOZAR! KKKKKKKKKKK

Que delícia amiga!

Beijinhos

Segredo disse...

EEEEEE gatinha danada essa! Adora um colinho ;-]

Babei nas fotos, como sempre!

Beijo escondido

Segredo

Amante S2 (AmanteNegra) disse...

Teu jeito de escrever é mágico kitty, me transporta para as cenas... ai também quero (risos)

Beijos

AmanteNegra

Silvia disse...

Você faz a dor parecer tão gostosa, até perdi o medo te lendo gatinha.

Beijos

Silvia

Meu perfil disse...

Teu querer, teu desejo, tua vontade em agradar é impressionante kitty. Sorte do homem que conquistou tudo isso. Taí invejo teu dono.

Beijão

Clark

Made in Italy/ Ritchello disse...

Adoro il tuo photos tuo fan
Scusate la traduzione usato il traduttore

Ritchello

O caminho de perséfone core disse...

Eu preciso saber onde vc arranja essas roupitchas de empregadinha safadinha.

Adoro essas roupitchas!

As que eu tenho, são muito de empregadinhas piriguetes! Kkkkkkkkkkkkkkkk. Como dizer? Algo muito exposto! Eu e minhas idéias!

Mas deixando minhas idéias fashions empregadinhas de lado, vamos ao seu post!

Morro de medo dessa palmatória de tachinhas! Mas mesmo com medo, é algo que tb me traz muita curiosidade. Estou ainda aceitando meu masoquismo, percebo que sofro, mas depois de tudo, o prazer vai tomando conta, pois sei que foi DONO que fez e fará os atos comigo.

É verdade...é uma estranheza sentir-se assim, pois fomos condicionadas e educadas a fugir da dor, que a mesma é algo ruim e gostar dela, é coisa de gente estranha, para não se dizer, doida!
Ahhh sou kink mesmo!!!

Essa palmatória inspira, ahhh isso inspira!
*.*

Beijos!

[perséfone core}_DC

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...