Já fui muitas coisas. Já estive tantas outras. Já mudei de opinião e me reinventei diversas vezes. Já acertei, já errei, disse coisas em que não acredito mais e acredito em outras que antes não acreditava. Não me envergonho de quem eu fui, de quem eu sou e de quem eu serei. Rio de mim mesma, amadureço, vivo! Hoje sou apenas um bichinho de estimação curioso, ávido por novas brincadeiras e desafios. Um bichinho que gosta de brincar, ronronar, se esfregar, mas que também arranha um pouquinho às vezes. Um bichinho que não sabe se definir, mas que com toda a certeza ainda sabe SENTIR. E eu sinto que eu não posso mais viver sem o BDSM na minha vida. Eu preciso vivê-lo intensamente. Eu preciso me entregar a esse fetiche, esse desejo, essa loucura, como quer que chamem, mas eu preciso. O tempo passa, as coisas e pessoas mudam, mas uma coisa prevalece em mim: Essa vontade que me consome, esse desejo em ter meu corpo dominado, minha mente subjugada, meus desejos cedidos a outro. E eu prossigo, me perdendo em labirintos, abrindo e fechando portas, tentando encontrar uma saída que me leve de encontro aos meus desejos mais secretos.=^.^=

Escrito por princess kitty

Clamps uma história de prazer e dor - parte 2

Imagem pessoal de princess kitty

Continuo a escutar meu Dono me chamar, estou no banheiro me recompondo de uma das experiências mais marcantes que já tive em sessão. Ter o clamp pendurado no meu clitóris enquanto meu Dono fazia sexo comigo foi aterrador para mim. Algumas pessoas podem não entender, nem eu entendo muito bem na verdade, mas a agonia e a dor que um clamp me causa é assustadora. Respondo a Ele apressadamente, dizendo que estou procurando algo, Ele manda eu voltar logo, respiro profundamente tentando neutralizar os sentimentos dentro de mim, coloco-me novamente de quatro e vou em direção ao meu algoz.

submissa de quatro se esfregando nas pernas do Dono - BDSM

Eu me aproximo da cama e pergunto se posso subir, Ele autoriza, eu subo e me aninho em seus braços, Ele me abraça, me beija, faz carinho em mim e diz que fui um bom bichinho. Por ter sido um bom bichinho meu Dono decide não me amarrar nesse momento... Mas Ele não está satisfeito, ergue a sainha da minha lingerie, já estou sem calcinha e meu Senhor começa a tocar meu sexo, me remexo inquieta sinto meu clitóris muito sensível e dolorido pela experiência anterior com o clamp.

Dom masturbando submissa BDSM

Enterro minha cabeça em seu peito, tento fechar as pernas, mas seus dedos deslizam por todo meu sexo, entram na minha vagina, bolinam meu clitóris, tento não gritar, gemo de dor, mas está tão gostoso... Ele continua excitando-me com seus dedos e mãos, me olha nos olhos e pergunta: “Está doendo?” Minha resposta imediata é: “Sim, Senhor.” Ele pergunta se quero que Ele pare. Olho bem para Ele e minha resposta é uma só: “Não, Senhor...”

Olhos nos olhos antes do sexo BDSM

Apesar da dor no meu sexo tão maltratado, ser ainda mais machucada para poder sentir prazer me deixa em êxtase. Estou ali para Ele fazer o que desejar comigo, e eu adoro quando Ele deseja me machucar... suas mãos me causando dor e prazer começam a fazer eu me aproximar do orgasmo, começo a tocá-lo também, nos tocamos e acariciamos. Meu senhor me beija, joga seu corpo em cima do meu e me penetra... fazemos sexo abraçadinhos, nos beijando. De vez em quando recebo mordidas fortes nos meus lábios, o prazer que sinto é intenso, agora sim, depois de ter sido tão judiada chego ao orgasmo repetidas vezes com meu Dono dentro de mim, o seu carinho nesse momento misturado com seu sadismo me completam, me fazem sentir única e muito especial... tantos beijos, mordidas, carícias. apertões... seus movimentos dentro de mim... nossos corpos grudados... o sexo intenso... tão gostoso ser penetrada sentindo-me assim... sensível, latejante, machucada...

Sexo BDSM

Perco a noção do tempo... o sexo continua tão deliciosamente até que meu Senhor segura meus cabelos pela nuca, com tanta força que parece que irá arrancá-los, contorço-me de dor...  Ele me leva em direção a seu membro, manda-me abrir a boca e sinto os jatos do seu esperma nos meus lábios, escorrendo para dentro da minha boca...  engulo tudo e depois deito-me sobre o seu púbis mantendo seu membro dentro da minha boca. Permaneço assim por alguns minutos e quando o retiro recebo um tapa no rosto e a pergunta: “Quem mandou tirar?” O coloco novamente e fico quietinha esperando a autorização do meu Senhor. São muitos sentimentos dentro de mim, me sinto extremamente subjugada por tudo que houve, por ter sido forçada a algo que me desagrada tanto como fazer sexo com o clamp no meu clitóris, pelo sofrimento que passei para poder ter prazer, e ao mesmo tempo extremamente feliz pelo meu Dono querer me torturar dessa maneira e entregue por ter conseguido obedecer e agradá-lo.

Submissa rendida pelo Dominador BDSM

Depois de mais alguns minutos recebo a autorização do meu Dono e retiro seu membro da minha boca. Peço para me lavar, Ele permite e diz: “E quando voltar traga a palmatória de pregos...” Hummmm... só de ouvir essas palavras já sinto um arrepio percorrer meu corpo... mas isso... ah, isso é outra história...

Miaubeijos =^.^=

20 comentários:

龍戦士 disse...

Se essa parte da sessão serviu para alguma coisa, foi para comprovar o quão obediente e safado meu bichinho é!

Mesmo dolorida, a safadeza e a certeza de saber o que o Dono queria, o bichinho continuou ^^

Assim que o Dono gosta, cada dia a miau mais obediente!

Beijos, meu bichinho amado!

龍戦士

{princess kitty}龍戦士 disse...

Sr 龍戦士

Hummm... não consigo esquecer desse momento, mesmo dolorida, estava TÃOOOO miaudelicioso ;) miauuuu rsrs

E sabe quem deixa o bichinho assim, tão miausafadinho?? O Dono!!!

Quero tanto agradá-lo, satisfazer todos seus desejos, que fico assim... toda miau-miau rsrs.

Miaubeijos do seu bichinho de estimação que o ama MUITO!!! =^.^=

Loira Mel Delícia disse...

Kitty

Estou subindo pelas paredes aqui, que delícia essa dorzinha com prazer, nada como um homem dominador e com pegada na cama, né? Eles acabam com a gente.

Morri de dó de você na primeira parte, mas nessa você foi MUITO bem recompensada kkkkkkkkk

Beijos de mel

Cadela submissa disse...

Gatinha

Que posts deliciosos! É tão bom quando o Dono da gente nos faz passar por situações dificeis e vencer os limites, dá uma sensação tão boa depois :-)

Beijoquinhas

luah negra disse...

Olá , kitty...
Ando ausente por conta daqueles problemas...
Mas não deixo de dar uma passadinha por aqui para acompanhar seus momentos nas mão do DONO de ti .
Olha , chegou a me dar agonia ao ler os momentos em que falava dos clamps ... sou tao fraquinha para a dor , que quase a senti como se fosse em mim .

Obrigada pelo carinho das palavras ... deixo aqui tbm o meu carinho por ti.
Meus desejos de uma entrega sempre intensa e feliz.
Saudações ao seu DONO , beijos em ti .
luah negra .

Ruanda disse...

Me gusta tu blog, de sus historias,
la forma en que cuenta.

Besos

Ruanda

Erotic Sex disse...

Uauuuu!!! Tuas histórias são muito excitantes kitty. Deveria transforma-las num livro de contos BDSM.

Beijos

Erotic Sex

Recanto do Lobo... LICANTROPE disse...

Que fotinho insinuante e deliciosa, você sabe mesmo provocar gatinha ^^

Diliça de texto, adoro assim: BEM OBEDIENTE!

Beijos e Uivos

Licantrope

Sexy Butterfly Borbs disse...

Eu li o título e pensei não!!! Perdi a primeira parte! rss Lerei ainda...

Mas, gatinha, vou te dizer...não tenho sua coragem não!

beijos borboléticos pra vcs!

Isabel disse...

Uauuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu, que delicia de post... da até vontade colocar o clamps só pra ter essa continuação depois kkkkkkkkkkkkkkk

Adorei.

aldrey disse...

Oi querida!Cada história a gente sente junto,tanto as dores quanto o prazer...rsrs bjss

Lua Lana disse...

Gatinha

Essa segunda parte está danada de boa... que delicia ser recompensada assim pelo Dono ^^

Beijos carinhosos

Jessica Submissa disse...

Miguxa

Tou em cólicas aqui KKKKKKK como assim, "essa é outra história"? Finalmente consegui matar minha curiosidade da segunda parte desse post e você termina atiçando minha curiosidade ainda mais? Isso não se faz KKKKKKKKK!

Adorei gatinha, você prende a gente nas narrativas, e essa foi sensacional aiiiiii kkkkkkkkkk

Beijinhos

Ruiva disse...

Gatinha

Confesso que te ler me deixa cada dia mais inclinada a me jogar numa aventura bdsm assim, só preciso de um pouquinho da sua coragem emprestada. Empresta? (risos)

Beijos da ruiva

Muito disse...

Quente e excitante como você...

Beijos

Luciana disse...

Kitty

Estava na expectativa depois de ler a primeira parte e esse cuidado misturado com carinho e tortura do teu Dono depois superou tudo. Amei, amei, amei!

Beijos

Luciana

ana sub disse...

Kitty

Ainda bem que você contou logo!
Oh essas delícias e dores da submissão ;

Beijossss

Isabela bdsm disse...

Adoro a forma como você se entrega em todos momentos com teu Dono.

*Suspiro

Beijos

Molly in the rain disse...

Kitty que delícia de sessão!

Kisses

BDSM and LOVE disse...

Final perfeito, demonstrando toda tua entrega e vontade de agradar.

Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...