Já fui muitas coisas. Já estive tantas outras. Já mudei de opinião e me reinventei diversas vezes. Já acertei, já errei, disse coisas em que não acredito mais e acredito em outras que antes não acreditava. Não me envergonho de quem eu fui, de quem eu sou e de quem eu serei. Rio de mim mesma, amadureço, vivo! Hoje sou apenas um bichinho de estimação curioso, ávido por novas brincadeiras e desafios. Um bichinho que gosta de brincar, ronronar, se esfregar, mas que também arranha um pouquinho às vezes. Um bichinho que não sabe se definir, mas que com toda a certeza ainda sabe SENTIR. E eu sinto que eu não posso mais viver sem o BDSM na minha vida. Eu preciso vivê-lo intensamente. Eu preciso me entregar a esse fetiche, esse desejo, essa loucura, como quer que chamem, mas eu preciso. O tempo passa, as coisas e pessoas mudam, mas uma coisa prevalece em mim: Essa vontade que me consome, esse desejo em ter meu corpo dominado, minha mente subjugada, meus desejos cedidos a outro. E eu prossigo, me perdendo em labirintos, abrindo e fechando portas, tentando encontrar uma saída que me leve de encontro aos meus desejos mais secretos.=^.^=

Escrito por princess kitty

Torturas na bi-xaninha =^.^=


Amarrada de quatro. Exposta. Meu sexo e bumbum expostos para meu Dono usar, abusar e torturar. E essa, é a hora da tortura.

Meus lábios são colados com silver tape. Meu coração acelera. Meu sexo escorre. E minha voz e meus gemidos são abafados pela fita adesiva.


Sinto meu Dono se aproximar... sinto algo gelado... sei o que Ele tem nas mãos... o aparelho de choques, esse aparelho tem um formato anatômico que se encaixaria perfeitamente bem dentro de mim... Meu Dono o aproxima do meu sexo, do meu ânus, sei o que vai acontecer, sinto as pontas geladas do aparelho na minha pele, nas minhas entranhas, antecipo a dor que sentirei e não me contenho, tento desviar, me mexo, não fico quieta...

Meu Dono perde a paciência, me desamarra e decide me deixar totalmente imóvel. Manda-me subir na poltrona erótica de quatro. Mas eu não obedeço, não quero. Ele me olha com seu olhar desaprovador e eu me arrependo. Vou até Ele. Sento na cadeira erótica com as pernas bem abertas, expondo meu sexo a Ele. Ofereço-me para o castigo. Fico imóvel e silenciosamente sinalizo a Ele que não tentarei impedi-lo de saciar sua sede de maldades comigo.


Deito-me com as pernas afastadas, ficando totalmente aberta para Ele. Ele se afasta. Eu respiro tentando controlar minhas emoções. Esperando o que está por vir. Ele prende meus pulsos com as algemas por baixo da cadeira e passa as cordas fortemente de cada lado das minhas pernas deixando-o com uma visão privilegiada do meu sexo molhado.

Enquanto me amarra, Ele me olha diabolicamente, sorri e fala: “A melhor parte é você já saber o que vai acontecer enquanto eu te amarro”. Seus olhos brilham. Eu estremeço. Sim, eu sei o que me espera. Agonia. Dor. Medo. E muito prazer...

Conheço meu Dono. Conheço suas perversidades. Sei como Ele pode ser extremamente cruel quando quer. E Ele quer ser MUITO cruel nesse momento.


Estou em uma posição em que consigo ver todo o ambiente. Meu Dono mexe nos acessórios e o vejo se aproximar com a chibata. Ele me tortura psicologicamente. A desliza por entre minhas pernas, me observa com seu jeito sádico. Estou tensa, pois não sei quando os golpes irão começar.

E então... começa! Golpes de chibatas atingindo em cheio meu sexo.  A dor aguda me invadindo. Tremo. Tento me mexer. Meu Dono me contém. Dispara uma sequência de golpes cada vez mais doloridos. Gemo, tento implorar, mas é em vão.

Meu Dono troca de objeto, dessa vez é a palmatória, a temida palmatória com pregos do meu Dono. Golpes secos, fortes, arrebatando minha vagina. E os pregos... acertando minhas coxas, furando a minha carne. Meu corpo está quente, muito quente.

O aparelho de choques entra novamente em cena. Meu Dono o roça no meu sexo, as pontinhas frias, tento me preparar para eles, mas não consigo, repentinamente Ele aperta o botão e meu sexo entra literalmente em curto-circuito. A dor é cortante, meu Dono o usa sem piedade em mim. Recebo tantos choques diretamente no meu sexo que mal consigo respirar. Meu Dono se preocupa, coloca a mão no meu coração, mas eu estou bem, apenas muito excitada e ao mesmo tempo apavorada.


Mesmo com a fita selando meus lábios não contenho meus gritos, a dor me dilacera. Meu Dono segura minha boca com suas mãos fortes. Pressiona, aperta, impedindo meus gritos de ecoarem pelo quarto. Gosto da sua mão na minha boca enquanto me tortura. Gosto de senti-lo próximo a mim mesmo sendo para me machucar ainda mais. Causa-me bem estar e segurança tê-lo assim, exercendo o seu poder sobre mim.

Já estava exausta de tantas torturas no meu sexo, quando meu Dono sorri alegremente e diz que teve uma idéia. O vejo pegar seu estojo com as canes. Ele as olha e escolhe uma bem fina. Meu Dono a passa entre as minhas pernas e dá início a uma saraivada de golpes rápidos e precisos na minha virilha, sexo, coxas...

Ele repete essa sequência de golpes com a cane algumas vezes, a dor é ardida demais, a cane machuca muito, mas preciso admitir a dor é deliciosa. Quando para momentaneamente meu Dono fala comigo, a essa altura a fita adesiva já havia deixado meus lábios há muito tempo. Eu peço pra parar. Ele me pergunta: "O bichinho não está gostando"? Então Ele me envergonha colocando suas mãos na minha bi-xaninha que está totalmente molhada, e diz: "O bichinho está falando que não, mas está molhadinha". A minha reação é rir. Ele bate mais, muito mais com a cane. E eu rio, peço, imploro, sinto muita dor e um prazer incontrolável por estar recebendo todas essas torturinhas diretamente no meu órgão de prazer. Ele continua a me humilhar dizendo: "A boca fala que não, mas seu corpo está dizendo outra coisa". Ele me beija, coloca as mãos nos meus lábios e continua me torturando deliciosamente com a cane...


Depois de receber todas essas deliciosas maldades no meu sexo, meu Dono me desamarra, me leva para a cama, e meu sexo está finalmente pronto para receber o prazer proporcionado pelo seu toque, pela sua pele, pelo seu membro pulsando dentro de mim.

Miaubeijos =^.^=

30 comentários:

龍戦士 disse...

Como é bom abafar os gritos do meu bichinho com a mão! Lógico, mordaças e duck tape são boas, mas segurar, pressionar, sentir o ar dos gritos abafados na própria mão é uma sensação ótima, eu pessoalmente adoro!
Aaah... mas melhor que isso, é ver meu bichinho tentando disfarçar, dizer que não está gostando mas ver o meio de suas pernas escorrer de tanto prazer que sente em ser meu bichinho, ser torturada, ser usada...
Dessa vez o bichinho foi bem castigado, será que aprender a ser um bom bichinho? Aprendeu sim,eu sei :D

Beijos, meu bichinho amado!
龍戦士

{princess kitty}龍戦士 disse...

Sr 龍戦士

Miauuuu!!!

Hummmm... se eu já adorava quando o Sr tapava a minha a boca com as mãos, imagina então agora que o Sr escreveu isso :D :D :D

O Dono sabe o que as suas torturas e maldades provocam no bichinho ;) Miauuuuu!!!

Será que eu aprendi??? Rsrs. Aprendi sim Dono, posso ter algumas recaídas as vezes, mas o Sr sempre me recoloca no meu devido lugarzinho :D

Miaubeijos seu bichinho miautorturado o ama MUITO!!! =^.^=

BDSM.com disse...

Olá kitty!

Excelentes torturas genitais! Ótimo texto!

Saudações

Mestre BDSM

RotinaDeUmCasal disse...

Nossa, não sei como conseguem, mas a cada dia fico mais apaixonada por vocês!!! Sou fazassa da relação de vocês!!! Amo Amo Amo, Tudo Isso!!!!

Carol

Bela do Mar... disse...

Gatinha

Quanta coragem pra enfrentar choques, palmatória e (ai meu Deus) CANE na xaninha. Deve doer demais menina! Teu relato é lindo, me transportou pra dentro dele, mas ai coragem que me falta kkkkkkkkk

Beijos

Bela

Segredo disse...

Gatinha

Você é maravilhosamente submissa! Adoro!

Beijo escondido

Segredo

BDSM and LOVE disse...

Querida kitty

Primeiro você foi rebelde, depois quase imediatamente se arrependeu e se ofereceu as torturas. Isso mostra o quanto está abraçando a sua submissão com força.

O sentimento de submissão é esse quando nos apercebemos do nosso erro é voltar atrás e fazer a vontade do Dono, seja lá qual for ela.

Adoro-te gatinha!

Beijos

Selena disse...

kitty

Admiro tua coragem!

Beijos

Selena

Jessica Submissa disse...

Miguxa

Cada vez você se supera mais!
Parabéns!

Beijinhos

Canário Negro disse...

Simplesmente empolgante e perfeito! Vivi tuas emoções aqui!

Beijos

Cecilia submissa romântica disse...

Querida kitty

Ai gatinha, eu fico só na vontade... choques e cane na periquita eu não encaro não (risos)

Beijos carinhosos

Muito disse...

Excitante demais torturar alguém assim!

Beijo

Sexy Contos disse...

Você faz a gente ter vontade de viver a mesma coisa kitty (mesmo não sendo masoquista)

Beijos

Gabrielly Seduz disse...

Kitty

Meu sonho é ser como você! Tua submissão me encanta! Parabéns ao teu Dono, adoro vocês dois!

Muitos beijos

Gabrielly

A Pecadora disse...

Você é tão intensa! Quando falou em sexo em curto circuito eu já estava em choque aqui kkkkkkkk.

Beijinhos

Pecadora

Clark disse...

kitty

Sabe o que é pior? Você desperta instintos sádicos! Dá vontade de fazer igualzinho seu Dono faz contigo!

Beijos

Clark

Giulia G disse...

Oi kitty

Sempre me surpreendo com a tua submissão, entrega, confiança e prazer que sente nisso ^^

Beijos

Giulia

pedra preciosa submissa disse...

kitty

Relato delicioso!

Beijos

pedra preciosa

Master M. disse...

Querida kitty

“Ela está presa pelo mais forte de todos os laços que é o do amor” (Mercenaries of Gor)

Acho que isso diz bem o que acontece com você não?

Saudações cordiais

Master M

Liliana. disse...

Querida

Essa é a magica do BDSM transformar momentos de tortura em momentos de prazer, e você os descreve muitissimo bem kitty.

Beijos

Eidy disse...

Nossa Kitty só vc mesma para escrever algo assim tão intimo , e fazer a gente entrar com vc na cena ... Nossa eu me imagino lá vendo, tamanha riqueza de detalhes que voce usa para narrar os fatos, a cara que ele faz , a sua respiração , as batidas do seu coração ... Poxa é surreal mesmo !! Parabéns Kitty vc deveria mesmo escrever contos eróticos , gosto demais de ler sobre suas peripécias ... Quase não tenho entrado no bloguer , mas saiba que nunca me esqueço , nem de vc, nem da Luah.
um excelente fim de semana para voce e seu SENHOR !

BEIJOSS 1000 DA SUA AMIGA E FÃ BAUNILHINHA Nº1.

EIDY.

Sophysticada disse...

Kitty,

A riqueza de detalhes me deixa louca.
Saudades


Bjk@s

Eros disse...

Oi gata estou atualizando os banner parceiros e nao vou mais botar gif na pagina principal gostaria que pudesse me mandar depois um banner sem ser em gif ok bjs.
ah e tem como manda fotos suas castidas para publicar e uma pequeno depoimento a respeito...

bjs
eros
http://sexualitybr.blogspot.com.br

aldrey disse...

Oie gatinha!!Sempre gosto de ler tuas histórias,corajosa vc,hem??rsrs
bjss e um lindo fim de semana!!

Anjo Safado disse...

Estou a procura de novas parcerias.
Gostei de seu blog e gostaria de adicionar seu banner. Se lhe interessar e só adicionar o meu banner (localizado ao final do meu blog) e em seguida me deixar um recado por email ou na ultima postagem me avisando que você me adicionou. Prontamente irei lhe adicionar também. Abraços "Equipe Tríade dos Prazeres."

Isabel disse...

Oi kitty, to conhecendo seu blg agora e gostaria de tirar umas duvidas com vc a respeito,nao achei seu email,vc poderia me mandar seu email? obrigada... isabel

{princess kitty}龍戦士 disse...

Oi Isabel

Meu email está no meu perfil, mas vou deixa-lo aqui também:

princesskittypink@gmail.com

Miaubeijos com carinho =^.^=

O caminho de perséfone core disse...

Aiiiiiiiiiiiii.
Que meedo!

Mas mesmo sentindo medo, sou como vc, eu acabo me entregando e desejando a dor. A sensação de estar nas mãos de Alguém que se importa, que cuida, que tem sentimentos de posse sobre nós, nos faz desejar ficar rendidas as diversas perversões.

Essa conexão, que permite a gente querer continuar, de desejar sentir, de transpor limites, de ser a submissa/escrava que Eles tanto desejam. O prazer é inexplicável!

Kitty, amo te ler, vc é pra mim, um impulso na minha atrapalhada condição, rs.

Beijos!
{perséfone core}_DC

ღ Míìh..ღ disse...

Olá, Kitty, boa noite!

Vim conhecer teu cantinho, e ja vou dizendo q me deliciei por aqui.

Passei no blog da Sophy e vi a homenagem linda q ele fez p vc.

Li boa parte do seu blog e adorei pq aqui transborda muito amor em tudo, nos textos e nos comentários de seus amigos e isso só prova o quão tu é querida.

Beijos meus e meus parabéns!

hadara sub disse...

vim aqui deixar um beijinho pra esta kittyzinha linda!
hadara deixa beijocas pra ti.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...