Já fui muitas coisas. Já estive tantas outras. Já mudei de opinião e me reinventei diversas vezes. Já acertei, já errei, disse coisas em que não acredito mais e acredito em outras que antes não acreditava. Não me envergonho de quem eu fui, de quem eu sou e de quem eu serei. Rio de mim mesma, amadureço, vivo! Hoje sou apenas um bichinho de estimação curioso, ávido por novas brincadeiras e desafios. Um bichinho que gosta de brincar, ronronar, se esfregar, mas que também arranha um pouquinho às vezes. Um bichinho que não sabe se definir, mas que com toda a certeza ainda sabe SENTIR. E eu sinto que eu não posso mais viver sem o BDSM na minha vida. Eu preciso vivê-lo intensamente. Eu preciso me entregar a esse fetiche, esse desejo, essa loucura, como quer que chamem, mas eu preciso. O tempo passa, as coisas e pessoas mudam, mas uma coisa prevalece em mim: Essa vontade que me consome, esse desejo em ter meu corpo dominado, minha mente subjugada, meus desejos cedidos a outro. E eu prossigo, me perdendo em labirintos, abrindo e fechando portas, tentando encontrar uma saída que me leve de encontro aos meus desejos mais secretos.=^.^=

Escrito por princess kitty

Humilhação anunciada



Humilhações sexuais são algo que mexem muito comigo... ser humilhada, obrigada a me rebaixar, são coisas que me deixam excitada de uma maneira estranha... fico excitada mesmo sem querer ficar, fico envergonhada, embaraçada, mas ao mesmo tempo ardendo de desejo...

Existem humilhações específicas que meu Dono faz comigo que me deixam muito sem graça... A mais marcante para mim é quando meu Dono ejacula no meu rosto e me deixa assim por um tempo, me obrigando a olhar para Ele, suja do seu esperma sem poder me limpar.


Alguns dias antes da nossa última sessão meu Dono me disse que iria fazer essa humilhação de uma maneira diferente, e que eu deveria me preparar psicologicamente, pois dessa vez durante o sexo oral eu mesma deveria direcionar seu pênis para o meio do meu rosto fazendo assim com que seu esperma me atingisse em cheio, deixando-me completamente lambuzada. Dizendo-me também que eu não deveria abrir a boca e nem desviar o rosto.

A minha primeira reação foi dizer que eu não conseguiria fazer isso, mas meu Dono disse que era uma ordem e que eu deveria cumpri-la, por isso já havia me avisado antes. Com o decorrer dos dias, falamos várias vezes sobre assunto e eu fui preparando-me psicologicamente.


Uma coisa é meu Dono me humilhar, outra é eu me oferecer e me auto-humilhar para o seu prazer. Não sabia se seria capaz disso, pois sou muito orgulhosa ainda. Ao mesmo tempo em que tinha dúvidas se eu conseguiria ou não, e um pouco de raiva por Ele me colocar nessa situação difícil, sentia um desejo IMENSO de obedecer. Queria muito obedecer, ser uma submissa despojada de orgulho e obediente, pensando em primeiro lugar no prazer do meu Dono.

Finalmente chegou o dia da nossa sessão, por saber o que aconteceria estava ainda mais ansiosa do que o normal...  Entro no quarto, coloco minha coleira de sessão, ajeito minhas coisas e volto engatinhando para os pés do meu Dono que se encontra sentado sobre a cama. Beijamos-nos, meu Dono me toca, coloca minhas tornozeleiras e algemas de couro rosa, mas me deixa livre. Nos esfregamos, tocamos, acariciamos, estou ajoelhada na minha caminha de gatinha, meu Dono vem por trás de mim, levanta minha saia, rasga minha meia calça, me penetra, puxa meus cabelos, me penetra mais, sinto seus movimentos de vai e vem num ritmo delicioso dentro de mim... me puxa para a cama, nos embolamos, beijamos, abraçamos, meu Dono faz sexo comigo, morde meus lábios, dá tapas no meu rosto, me perco em sensações, dor, orgasmos, prazer, amor, tudo se agita dentro de mim...


Sinto que se aproxima o momento de mostrar minha obediência, Meu Dono senta-se novamente na cama e eu me ajoelho outra vez na minha caminha, o sugo, lambo, engulo, meu Dono me sufoca com seu sexo, toco-o sob seu comando, Ele coordena meus movimentos, me diz como fazer, como tocar, e eu obedeço, mantenho minha língua dando lambidinhas no seu membro enquanto o toco. Meus movimentos se intensificam, sinto seu prazer chegando, ofereço meu rosto, fecho meus olhos, seguro seu pênis e sinto os jatos do seu esperma atingindo-me o rosto me melando toda... cai um pouco em minhas mãos, meu Dono me faz lamber, cai também na minha caminha de gatinha, eu prontamente a limpo com a língua... pergunto a meu Dono se posso limpá-lo e Ele diz que sim, então eu caio de boca, sugando e limpando o esperma que havia ficado em seu membro...


Permaneço ajoelhada na minha caminha, o rosto totalmente sujo, de cabeça baixa, não tenho coragem de olhar para o meu Dono... sinto-me tão humilhada, tão rebaixada, mas ao mesmo tempo estou feliz por ter obedecido. Fico assim, submissa, enquanto meu Dono pega algumas cordas, aproxima a cadeira erótica da cama, me manda subir nela de quatro, eu não quero, peço para me limpar, mas Ele não deixa, então subo na cadeira erótica, meu Dono pega as cordas, me amarra nela, continuo de cabeça baixa, sinto seu esperma escorrer no meu rosto, pingar na cadeira...


Meu Dono calmamente se deita sobre a cama e pega o cardápio, diz que vai pedir um lanche e que eu ficarei ali, amarrada, de quatro, exposta e com o rosto sujo de esperma enquanto Ele pede e espera o lanche chegar, que só irá me soltar para servi-lo. Sinto meu sangue ferver dentro de mim, não quero olhá-lo, mas se eu o olhasse com certeza eu o fuzilaria com meu olhar... Ele pede o lanche, eu começo a tentar me desamarrar, Ele me olha com desaprovação, levanta-se, pega a chibata e começa a desferir golpes fortes e violentos contra o meu bumbum, mandando-me ficar quieta. Eu me remexo, resmungo, reclamo, grito. Ele bate cada vez mais forte. Adoro a dor da chibata, forte, ardida, mas a situação em que eu me encontro me deixa desesperada, quero escapar, não quero estar ali, com o rosto sujo, exposta e apanhando...

Depois de me bater mais e me recolocar no meu lugarzinho, Ele me desamarra, manda eu me limpar, pois está quase na hora de servi-lo, eu saio da cadeira erótica e vou engatinhando agradecida para o banheiro.  Assim que termino de me arrumar o lanche chega, e eu o sirvo como sua escrava que sou. Deito-me na cama pertinho Dele, recebendo seus afagos e me sinto feliz por ter obedecido, por ter cumprido o que meu Dono ordenou, sentindo que sou cada vez mais sua, sentindo que quanto mais sou humilhada mais prazer eu proporciono a Ele, mais eu me torno Dele, mais eu pertenço e posso ser cada vez mais tudo o que Ele desejar.


Miaubeijos =^.^=

26 comentários:

龍戦士 disse...

Dono nem consegue dizer o quanto ficou feliz com a obediência da minha gatinha nessa hora, lógico que teve uma rebeliãozinha depois, mas o fato de obedecer de primeira de fazer exatamente como o Dono mandou, isso me deixou feliz pelo o resto da sessão! Bom, a gatinha precisou ser lembrado de seu lugarzinho mais algumas vezes depois ;), mas naquela hora estava totalmente submissa, obediente e sendo meu bichinho.

E sem dúvida, minha miau, cada vez que obedece, se entrega e se aceita em sua posição, fica mais e mais minha, minha escrava, sub, gatinha, bichinho, tudo que pode ser!

Beijos, meu bichinho amado!
龍戦士

{princess kitty}龍戦士 disse...

Sr 龍戦士

Obrigada por ter me preparado psicologicamente antes, mesmo tendo sido uma humilhação difícil por mexer com meu orgulho, fiquei muito feliz por cumprir sua ordem.

Sei que me rebelei um pouquinho, mas o Sr sabe que meu desejo em obedecer e ser submissa ao Sr é verdadeiro.

Vou tentar me esforçar cada vez mais para agradá-lo e estar sempre no meu lugarzinho.

Miaubeijos da SUA escrava, sub, gatinha, bichinho, tudo que posso ser, que o ama MUITO!!! =^.^=

BDSM and LOVE disse...

Gatinha querida

Quanto mais nos despojamos de nossos orgulhos e egos mais perfeitas somos aos olhos Deles. Eles querem exatamente isso alguém que se entregue, que se deixe usar, humilhar, que se dedique e entregue totalmente. Afinal é para isso que somos submissas, para dar e ter prazer quebrando todos os limites.

Você venceu seu orgulho naquele momento para obedecer e seu Dono valoriza isso, esse é o maior prêmio que uma submissa pode ter.

Beijos carinhosos

A pecadora disse...

Kitty

Uau! Que viagem eu fiz te lendo. Nunca passei por uma experiência forte assim e não sei como me sentiria, mas ao acompanhar a tua história fiquei doidinha aqui. Hummmmmmmmm!

Beijos

Histórias de um Anjo Mau disse...

Quente, me deixou em brasas aqui.

Quero uma escrava assim obediente que me sirva e se humilhe pra mim, mas que tb seja orgulhosa pra eu quebra-la e coloca-la no seu lugar como teu Dono fez contigo!

Perverso Anjo

Yasmin Sub disse...

Adorei ler seu relato!!!

Beijo linda.

Yasmin

pedra preciosa submissa disse...

Gatinha

Delicioso D+ te ler. Você capta e coloca os sentimentos de submissão de uma maneira muito verdadeira. Identifico-me muito, a raiva, a rebeldia e ao mesmo tempo o desejo em ser obediente.

Beijos

pedra preciosa

Sol e Lua BDSM disse...

kitty

BDSM é um aprendizado constante e parece que você esta sempre evoluindo e aprendendo, assim como nós aprendemos aqui contigo.
Muito gostoso teu relato.

Beijos

Sol e Lua

Clark disse...

Gatona

Mais uma humilhação excitante... Sempre saio daqui com água na boca ^^

Beijão

Clark

Lua Lana disse...

kittyzinha

To toda arrepiada aqui. Baixar as defesas e o orgulho de lado é a essência da submissão. Mas é tão dificil kkkkkkkk

Beijocas

Mister K disse...

Doce kitty

Humilhações são sempre muito excitantes de se fazer e quanto mais a escrava se debate consigo mesma mais gostoso é!

Saudações

Mister K

{ÍsisdoEgito}JZ - Tua, somente tua disse...

Oi kitty,

algumas humilhacões são mais marcantes e incomodas que outras, é fato.

Mas o engraçado é como enquanto para algumas, certas práticas e/ou atos são encaradas como humilhações, para outras, elas são práticas desvinculadas de teor humilhante.

Em geral, toda vez que meu DONO me usa e fazemos sexo, eu tenho o corpo ou rosto coberto com esperma DELE.
Para mim, é o néctar do semi-Deus, e o meu semi-Deus chama-se JUN ZURIK, rssss.

Seu relato esta ótimo querida, franco e real.

Beijos carinhosos,

ÍsisdoJUN

Sophysticada disse...

Amiga vc me transporta!

kerida, tem um sleinho lá pra vc no meu blog,

bjk@s

Sexy Butterfly Borbs disse...

Algumas humilhações são tão excitantes!!!

beijos borboléticos!

DARK Escarlatte disse...

Sem duvidas tem que gostar e sentir muito prazer em ser domado(a), Do contrário, isso torna-se ferino. Principalmente para as rebeldes como eu, hehehe.
Você é maleável a medida do teu bel prazer.

luah negra{DOM JH} disse...

Olá , kitty
Humilhação é uma prática bem interessante , mexe muito com o emocional ... mostra o quanto estamos entregues aos desejos do DONO ,pois , podemos até relutar , mas acabamos cedendo , nos superando exatamente como ELES desejam .... a sensação é maravilhosa .
Amo algumas humilhações que MEU DONO impõe, enquanto outra delas chegam a doer na alma , mas é extremamente excitante e prazeroso vivenciá-las para o deleite do DONO .
Parabéns por mais esse superação .
Beijos de carinho , querida .
luah negra{DOM JH}.

O caminho de perséfone core disse...

Kitty!
Enfim consegui um tempinho pra comentar no seu espaço!
Cadela caipira mudou pra SP capital e estava matando - DONO e eu - o que nos mata!
...
Essas humilhações nos mostra que servimos a ELES e é pra ELES que nos preparamos, seja nas nossas essências, seja em nossas aparências. A construção é feita com paciência, mas também nos esforçamos para nos fazer dignas DELES. Esse comprometimento entre DONO e escrava que permite que tudo caminhe e siga adiante!

Ver o prazer DELES é uma grande realização e dessa forma, também sentimos um prazer descarado e desmedido. Eu, sou obediente na maioria das vezes, rsrsrs...faço tudo que meu DONO ordena, tanto sexualmente, quanto no dia a dia, mas tem horas que o orgulho se manifesta e invonlutariamente, acabo ficando malcriada e os castigos me colocam no meu lugar.

É tão bom perceber que temos os mesmos medos, sensações e sentimentos.
Beijos bela kitty, que seu caminho de aprendizado só torne vc mais bela ao olhos do Sr Tatsu!

Edgar disse...

É excitante demais ver o como tu é tao Gatinha para o teu dono, ele é mesmo um homem de muuita sorte por te-la consigo, dominando-a e cuidando de ti ao mesmo tempo!!! E voce tambem nao fica atras, sabe mesmo ser uma gata, muito adoravel, deve deixa-lo feliz todos os dias!!!

Parabens!

Casa de Anita disse...

Oi minha lindinha,

Entrar aqui e ler o relato das sessões de V/vocês realmente é uma delicia, fico aqui imaginando as suas emoções ali naquele momento, tudo o que se passa em sua cabecinha e como depois consegue nos relatar tudo de tal forma a nos transportar até lá contigo.

Linda dediquei-lhe um mimo, o Prêmio Dardos, passe lá na Casa para pegar, será um prazer para nós.

Beijos suculentos,
Anita

luah negra{DOM JH} disse...

kitty , voltei para agradecer pela participação la no post , você acrescentou muito mesmo . Viu a questão por todos os ângulos.
Quanto ao desabafo , eu precisava fazê-lo , precisava muuuuito rsrs . obrigada pelo carinho que sempre me deixa .
Beijos , querida , tudo de bom pra você .
luah negra{DOM JH}.

Satine Rouge disse...

Obrigada, MiauKitty. *rs

Eu também sou assim, intensa... Mergulho de cabeça tanto no bom, quanto no ruim... e sei muito bem os riscos e perigos que corro, mas não sei ser de outra maneira, viver na superfície realmente não é algo para mim, então é assumir as consequências das escolhas... porque sempre têm e costumam ser muitas. Faz parte do show da vida.

Ah nos dias atuais eu me pergunto quem não é bipolar??? Eu acho que a vida esta nos deixando assim... ;-)

Obrigada pela presença e uma super Miaubeijoca.

HONORATO, Sandro disse...

Kitty :)
Como vai querida?
Bem legal seu relato,bem excitante *--*
Monster é bem legal né? Sword Art Online todo mundo esta vendo menos eu :( kkkkk

Você tem facebook ou email...outro contato em si....queria conversar contigo. É o seguinte:Eu to com uma menina e tal...e ela disse que curte sadismo e tal...eu queria conversar com outra pessoa que entende do assunto sabe? E tipo,com ela será minha primeira vez...em tudo! rsrs

Beijos e cuide-se
Rimas Do Preto

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Dorei Fobofílica Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Sempre me impressiono em ver como pensamos e sentimos de forma parecida...

Amada, estou dando um passeio pela blogosfera e tinha que passar aqui para te ler, matar um pouquinho das saudades e deixar para voce doces beijos saudosos e a anunciação de uma semana deliciosa para ti!

Mais beijos e saudades...

flor de cristal disse...

Gatinha eu adoro ler na Net para diminuir um desejo secreto de não saber escrever muito bem. E nestes voos descobri um Site com mais de 20.000 filminhos de humilhações. Era uma coisa louca as variadas formas de humilhações descritas por lá...meu coração acelerou o lado submisso de querer obedecer quem nos conduz não, é verdade?

Mas todo que vi por lá não se compara a beleza de relato que já é sua marca registrada. É tão bom ler estas delicinhas pq são elas que te torna a única gatinha do BDSM.

Vc arrasou mais uma vez, parabéns!!

Beijos cristalinos, uma ótima semana com muito amor e paz no coração!

Hot Spot disse...

Adorei...muiiitooo bom...

beijossssss


HOT SPOT NO MSN:

hotspotonline@hotmail.com

{Mansinho}_da Loirinha disse...

MAIS UM DOS THE BEST MOMENTS POSTS MIAU AND TATSU!!!!!

Um daqueles que eu faço ufa! Inverto papéis, viajo, excito e me envolvo e os glorifico!

MAAAAIS Beijos & Abraços...
MAAAAAAIS ÓTIMA QUINTA
MAAAAAAIS Inté....

Ameeeeeiiii o tour... Já estava com saudadea

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...