Já fui muitas coisas. Já estive tantas outras. Já mudei de opinião e me reinventei diversas vezes. Já acertei, já errei, disse coisas em que não acredito mais e acredito em outras que antes não acreditava. Não me envergonho de quem eu fui, de quem eu sou e de quem eu serei. Rio de mim mesma, amadureço, vivo! Hoje sou apenas um bichinho de estimação curioso, ávido por novas brincadeiras e desafios. Um bichinho que gosta de brincar, ronronar, se esfregar, mas que também arranha um pouquinho às vezes. Um bichinho que não sabe se definir, mas que com toda a certeza ainda sabe SENTIR. E eu sinto que eu não posso mais viver sem o BDSM na minha vida. Eu preciso vivê-lo intensamente. Eu preciso me entregar a esse fetiche, esse desejo, essa loucura, como quer que chamem, mas eu preciso. O tempo passa, as coisas e pessoas mudam, mas uma coisa prevalece em mim: Essa vontade que me consome, esse desejo em ter meu corpo dominado, minha mente subjugada, meus desejos cedidos a outro. E eu prossigo, me perdendo em labirintos, abrindo e fechando portas, tentando encontrar uma saída que me leve de encontro aos meus desejos mais secretos.=^.^=

Escrito por princess kitty

Meu lugarzinho – parte 1



Seus olhos nos meus olhos
Sua boca na minha boca
Suas mãos no meu corpo
Causando-me dor, me dando prazer, me trazendo conforto...

Cada sessão é inesquecível para mim, cada uma com a sua peculiaridade, com aqueles momentos que não consigo deixar de pensar, com aqueles sentimentos tão fortes sendo extravasados.

Mas essa... essa foi diferente... Se houve mais práticas sadomasoquistas que as outras? Não, não houve. Aliás, quase não houve práticas sadomasoquistas. O que houve então? Houve que nessa sessão eu fui devidamente colocada no meu lugarzinho...

Saio andando de quatro do banheiro, vou em direção a cama onde meu Dono se encontra deitado, vejo minha caminha, estava curiosa para vê-la, tão linda, e me ajoelho nela, meu Dono se senta na cama, começa a tocar meu cabelo, me beijar, me acariciar, suas mãos no meu corpo levantando minha roupinha de gatinha, enfiando seus dedos dentro da minha calcinha, vendo o quanto estou molhada, excitada... minha boca no corpo do meu Dono, descendo, lambendo, sugando, chupando, sorvendo... tapas no meu bumbum, chibatadas, suas mãos me esfregando, leves choques no meu corpo e eu não tenho mais domínio de mim...

Meu Dono prende a guia na minha coleira, se levanta, me puxa, e eu o sigo... em silêncio, de quatro, sendo levada pela guia da coleira, como o bichinho que sou.

Ele me prende na cadeira erótica, de bruços, meu sexo exposto, meus orifícios abertos, pronta para ser usada. E é assim que eu me sinto, usada, quando meu Dono começa a me penetrar e a fazer sexo comigo. Eu estou totalmente imóvel e exposta, não consigo me mover, estou ali para o uso e prazer Dele. E ele me usa, aproveita, quase enlouqueço sentindo seu corpo dentro do meu, me penetrando, me consumindo, seu sexo quente, latejante, me devorando. Meus gemidos ecoam pelo quarto. No ápice do prazer meu Dono para, aproxima seu pênis do meu rosto, eu me contorço e abro minha boca para me aproximar do seu membro e sugá-lo, meu Dono encosta seu pênis na minha boca sedenta, sinto que vou engolir, mas então.... Ele muda de direção, seu esperma atinge meu rosto, fico toda melada, lambuzada, meu rosto, meu cabelo, encharcados do prazer Dele. Viro meu rosto, tento me esconder, meu Dono me força a olhá-lo, fecho os olhos, abaixo a cabeça, não consigo encará-lo... Meu Dono fala, lembra de coisas que eu fiz, coisas que eu não lembro mais, às vezes em que eu o xinguei, (sim, eu xingo meu Dono às vezes), às vezes em que desobedeci, que tentei fugir, que mereço ser castigada para aprender onde é o meu lugarzinho nessa relação. Ele diz que vai tomar banho, enquanto eu fico ali, suja, lambuzada, esperando Ele voltar. Quase morro de raiva. Reclamo, bato com o salto da minha sandália no piso (a única parte do meu corpo que consigo mover, fora a cabeça), quase quebro o salto. Sinto-me humilhada e com raiva... muita raiva... quando vou aprender a controlá-la? Sinceramente eu não sei. Meu Dono volta. Fala mais, me olha mais, me humilha mais. Diz que vai me soltar. Mas que eu preciso limpar o que está sujo. Por um breve instante penso que Ele vai me desamarrar e trazer um pano para eu limpar... mas então Ele diz: “Estou esperando”. E eu entendo. Ele quer que eu lamba. Ele quer que eu lamba seu esperma grudado ali, Ele quer me humilhar mais. Eu engulo minha raiva, engulo meu orgulho e começo, dou uma lambida, duas, três, perco a conta, lambo todo seu esperma que havia caído ali. E Ele me olha, sorrindo, satisfeito.


Saio. De quatro. Vou para o banheiro. Tiro minha roupa de gatinha, me lavo, me limpo, a raiva me domina. Reclamo, resmungo sozinha. Meu Dono fala comigo o tempo todo da outra sala. Procuro responder adequadamente. Mas não consigo. A raiva, a humilhação pelo que Ele me fez passar é maior. Visto-me de gatinha novamente para Ele. Ele vai até o banheiro. Eu não me controlo. Surto. Ele se aproxima de mim. Eu o empurro. Dou socos seguidos em seu braço. Ele me segura, me controla. Não grita. Não me agride. Apenas me segura e fala comigo mansamente, me abraça, me beija, me conforta, enquanto eu explodo com Ele. Eu me acalmo. Ele recoloca minha coleira, prende a guia no meu pescoço, eu fico de quatro e o sigo até o quarto, silenciosamente.

Subo na minha cama de gatinha, meu Dono senta na cama. Não fala nada, me abraça, me consola, me faz carinho. Eu deito minha cabeça em sua perna. Ele me pergunta se a minha raiva passou. Ele me diz coisas que eu preciso escutar, paciente, carinhoso, cuidando de mim. Ficamos assim, juntinhos, até eu me acalmar completamente. Ele segura minhas mãos carinhosamente, pega a fita rosa, começa a enrolá-la nos meus dedos, fazendo em mim patinhas de gatinha, eu tento ficar quieta, mas Ele sempre diz que sou hiper ativa rsrs.

Hora de tomar leite como uma gatinha. No pires. Meu Dono serve o leite. Eu olho. Sinto vontade de tomar. Tenho vergonha. Deito na minha caminha, abaixo minha cabeça e lambo. Vou lambendo o leite, saboreando. É humilhante, mas ao mesmo tempo é tão gostoso. Lembro da primeira vez que meu Dono falou disso, há muito tempo atrás, minha primeira reação foi negar. E agora? Agora eu estou ali, subjugada, tomando leite no pires, como seu bichinho de estimação.


Deito, me embolo, me enrolo na minha caminha. Meu Dono brinca comigo. Mexe no meu corpo, aperta meus seios, me excita, me provoca, me puxa para a cama com Ele. Beijos, tapas, línguas, nossos corpos grudados. Ele me dá tapas no rosto e me beija tão intensamente... beijos, beijos e mais beijos... não tenho muita mobilidade com as mãos, afinal, estou com patinhas de gatinha, mas minha boca explora o corpo do meu Dono liberando todo meu desejo. Nossos corpos entram em sintonia, o encaixe é perfeito, me entrego a seus caprichos, sou Dele, para Ele usar e abusar conforme desejar. E Ele usa, e abusa, me vira do avesso, me penetra de todas formas possíveis, em todos meus buraquinhos, e eu adoro, sussurro, gemo incessantemente. O corpo Dele dentro do meu, se movimentando, me rasgando, me fazendo desejar que aqueles momentos não acabassem nunca. Sim, eu o amo. Posso me revoltar, me rebelar, mas o amo loucamente. E quando Ele me toma, quando me faz tão inteiramente Dele, quando me possui como meu Dono que é, quando o tenho tão pertinho de mim, tão próximo, me olhando nos olhos, dentro de mim, extraindo seu prazer do meu corpo, eu sei. Sim, eu sei. Ele pode fazer o que quiser comigo. Pode usar, abusar, torturar, humilhar. Ele pode fazer tudo. E ainda assim, eu permanecerei. Permanecerei a seu lado, agradecendo por Ele ser meu Dono, por cuidar de mim, por me maltratar, por me humilhar. Agradecendo por poder ser o seu bichinho de estimação.



Dessa vez eu recebo seu leite na minha boca, não desperdiço nem uma gota, engulo tudo, sorvo, quero mais...

Depois de tanto êxtase, ao voltar novamente do banheiro andando de quatro, de coleira, vou me aproximando mas não vejo minha caminha de gatinha, meu Dono a colocou em cima da cama, ao lado Dele, assim, posso ficar na minha caminha e pertinho Dele, subo na cama, nos beijamos, nos abraçamos, conversamos, o dia está quase amanhecendo, precisamos descansar ao menos um pouquinho, meu Dono acaricia meus cabelos, fecho meus olhos e sei que estou no lugar certo, no meu lugarzinho.


Continua...

Miaubeijos =^.^=

42 comentários:

龍戦士 disse...

Hmm... Dono adorou cada pedacinho da sessão, cada prática, cada momento, tudo!

Principalmente quando o bichinho aprendeu seu devido lugar dentro da nossa relação, mesmo o momento de raiva do bichinho, pois apesar desse, depois se vestiu, lembrou de seu lugarzinho e voltou mansinha e bem obediente.
Dono já tinha dito lá atrás, tem formas muito melhores de se educar e repreender a sub que gritando e apenas batendo.

E sempre me divirto MUITO usando e abusando do meu bichinho, em todos os buraquinhos e principalmente usando muito essa linguinha de gatinha ;), não vejo a hora da próxima chegar e olha só está aí já... sorte que o Dono resolveu focar só o psicológico nessa, caso contrário, não teria nem dado tempo das marquinhas sairem. ^^

Beijos, meu bichinho muito amado!
龍戦士

{princess kitty}龍戦士 disse...

Sr 龍戦士

O Sr com a sua paciência, sua atenção e cuidado comigo me coloca cada vez mais no meu lugarzinho e me deixa cada vez mais com vontade de servi-lo e agradá-lo.

Eu adorei tudo também, as humilhações, o seu carinho, os momentos juntinhos ;)

Ainda bem que eu não vou precisar chegar toda roxa para a próxima sessão, rsrs, mas sei que agora (que não pretendo mais desgrudar do Dono :D :D :D) logo irá acontecer isso.

Miaubeijos do seu bichinho (no seu lugarzinho) que o ama muito! =^.^=

pri disse...

Ai simmm caminha confortavel heim amore... ;) bgdo pela visita viu... Bjos!

Mister K disse...

Imagens perfeitas!

Saudações

Mister K

diana submissa disse...

Querida

Quanta superação você passou nessa sessão pra aprender o seu lugarzinho. O que temos de superar são nossos próprios tabus e orgulho, assim conseguimos servir plenamente.
Parabéns as imagens estão lindas!

Beijos

Muito disse...

Uau! Babei aqui...com o texto e com a gatinha finalmente de gatinha ^^

Beijão

Jessica Submissa disse...

Miguxa

Fora toda emoção do teu texto voce sempre expressa muito bem o que sente nesses momentos eu to encantada aqui com a postura do teu Dono ao te cuidar.

Que relação linda a de voces, com amor e compreensão.

Beijinhos

Liliana. disse...

Linda kitty

Estava com saudades de ler teus posts de sessão. Você realmente "conta uma história" como ninguém.

Aguardando a segunda parte.

Beijos

DONO DE escravas disse...

Doce kitty

Tanto tempo sem vir aqui e ao chegar me deparo com você dando mais um passo na sua submissão. O importante é nunca deixar de aprender e tentar.

És um bichinho muito lindo.

Saudações a ti e teu Dono.

Cadela submissa disse...

kittyzinha

To boba aqui não sei se comento da sessão e de tudo que você sentiu ou falo que quero uma caminha dessas.

Acho que vou falar dos sentimentos na continuação por enquanto vou ficar sentindo uma "invejinha" do bem da sua caminha kkkkkkkkkk

Beijokinhas

Mar... disse...

Passando para desejar uma semana simplesmente feliz para ti minha gatinha dengosa...
Bjs da loira...

João Pedro disse...

Em que pet shop eu acho uma gatinha igual a vc a "venda"? ^_^

Parabens pro teu dono por te ter kitty.

BJS

João Pedro

Rosa disse...

Conhecendo teu blog e adorando.

Fiquei fascinada com esse post e esse mundo do bdsm.

Vou voltar mais.

Beijos menina

Rosa

Lord disse...

Adoro pet play! Adorei a parte da cadeira erótica e te imaginar limpando então huuuummm...

Beijo grande

Cecilia submissa romântica disse...

Ai quanta emoção voce passou kitty.

Amiga, sabe que torço muito pela tua felicidade né.

Que delicia de sessão e voce de gatinha esta uma fofa.

Beijos carinhosos

{escravinho belo} em avaliação disse...

Ohh coisa boa seu humilhada/o assim kitty.

Bom Demais e vc ficou linda na sua caminha.

Beijos do
Seu Servo,

{escravinho belo} em avaliação

Giulia G disse...

Que vontade que me deu isso kitty.
Mas pra eu conseguir tinha que ser com um dono como o teu que se preocupa, ajuda, entende.

Enquanto isso vou so sonhando e matando minha vontade lendo por aí.

Beijos gatinha linda

Segredo disse...

Essa gatinha é uma GATA! (risos)

Beijo escondido

Segredo

ana sub disse...

Querida kitty

Essas sensações e sentimentos mexem tanto com a gente. Aproveite bem o seu lugarzinho ele é lindo.

Beijos

Zéfiro disse...

Realmente muito excitante!

Fico cada vez mais instigado com a idéia de ter uma mulher de estimação.

Só de te olhar assim deitadinha, tomando leitinho desperta a libido kitty.

Fabulosa!

Beijos e abraços

Val disse...

Surpreendentemente delicioso Kitty

Beijo

Val

Lua Lana disse...

Nossa kitty! Parece que dessa vez voce achou seu lugarzinho mesmo gatinha rebelde. Ainda bem que teu Dono te controla e corta tuas garrinhas fazendo belas patas de gatinha :O

Muitos beijos

Romeu O Apaixonado disse...

APAIXONEI!

Romeu O Apaixonado

Master M. disse...

Bela menina

Contente em te ver evoluindo, realizando desejos e estando no seu lugar.

Saudações cordiais

Master M.

Celso Takay disse...

Uma gatinha rebelde birrenta e deliciosa!

Beijão kitty

Celso

kadela do Pedro disse...

kitty

Como voce é corajosa eu ñ tenho coragem de me rebelar assim ñ. Sorte que teu Senhor é paciente e não ficou bravo contigo.

As fotinhos ficaram lindaaaaaaaas.

Lambidas de kadelinha

kadela do Pedro

BDSM and LOVE disse...

Querida kitty

Que sessão intensa, deu pra sentir a tua raiva aqui e também a tua submissão e amor ao seu Dono.
O bom é que você esta no caminho sendo guiada por um Sr sábio e amoroso. Aos poucos os surtos somem e sobra so a sua submissão minha linda, afinal é isso que te faz feliz.

Beijos

ACM disse...

Grandes idéias mocinha...rs

Bjs

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Dorei Fobofílica Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Que delícia, Gatinha! Olha, voce fala de duas coisas que eu ainda não vivi e não sei como eu reagiria, coisas que eu sempre penso se algum dia terei que vivenciar... Sabe, sou tão altiva quanto voce, só não reajo, rsrs Digo, não dou socos, empurrões ou xingamentos, mas reajo de outra formas, pensando melhor, não são duas, mas três experiências que nunca vivi, quatro, rsrsrs... Primeiro eu me referia a gozada no rosto e tomar alguma coisa na vasilha, no chão... Depois de dormir no chão seja como for, ou mesmo deitar,,, Mas aí lembrei que nunca tive as nãos imobilizadas desta maneira,,, Essa ultima tudo bem, mas as outras très sinto ira só de pensar, rsrss Mas adorei o teu post, me faz pensar... Beijos doces em ti.

{Mansinho}_da Loirinha disse...

VC É DEMAIS EIMMM??? MUITO OBRIGADO MINHA IRMÃZINHA E MINHA AMIGA DE SEMPRE, POR... "ME ANIMAR" UM POUQUINHO RSRSRSS.... VC LITERALAMENTE ME "ARRANCOU" DA "TOCA" FAZENDO VIR, TBÉM AQUI, MATAR A SAUDADE DE VCS E AGRADECER.... E ME DEPARO COM UM POOOOOOOOOoooooOoOOOOOoOOooOooOOOST DESSE MIAAUUUUU..... EEEIIIITAAAA SR. TATSU SANNNNNN.... ADORO DEMAIS VCS DOIS SABIA? É MUITO DELÍCIOSO FICAR VENDO AS FOTOS DO ACERVO NÉ SR. TATSU.... E A GATINHA ENTÃO, PELOS DEUSES DO NOSSO BOM BDSM, ELA DEVE FICAR LOUQUINHA LOUQUINHA SÓ DE VER... LEMBRAR.... UFA MEUS AMIGOS.... MATEI UM POUQUINHO DA SAUDADE DESSA DUPLA MEGA DINÂMICA.... BJS E ABÇS TRIPLOS MEUS AMIGOS.....

Conde Vlad disse...

Oi lindona.

Pô, eu fechei o Flagra sim. Eu ví que os flagras que eu encontraria na Rua não seriam mais do que fotografias de pouco apelo voyeurístico, e que não iria passar daquilo. Enfim. Voltei a fazer contos no meu blog antigo e com o de fotografias eu continuo firme e forte, é o meu hobby.

Sobre o texto daqui.

Sabe o que eu pensei? Que talvez aquela tigelinha de leite, deveria estar cheio de leitinho humano. KKKKKKKKK Pois o leitinho que uma gatinha humana toma deve ser outro. KKKKKKKKKKKKKKK Agora... imagina... como fazer um píres de leitinho humano. Pensa comigo.

Cê vai colendo o gozo do seu dono e colocando em pequenos recipientes plásticos e coloca na geladeira, onde ele não congele. rsrs... Aí quando tiver quantidade suficiente, cê coloca no bule e põe para ferver. KKKKKKKKKK

Será que dá certo?

HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAH
Eu e minhas idéias loucas.

A propósito, existe um drink por aí, feito de PORRA, que tá bombando nos bares. Ví outro dia no blog da Aldrey do Lesadas e Apimentada. Dá uma conferida só. rsrs...

Beijão Gatinha.
Conde.

HONORATO, Sandro disse...

Kitty :)
Como vai?
Nossa,adorei seu relato.
Bem excitante *--*

Ah,se lembra de um anime que te indiquei..Queen`s Blades? então procura outro se possivel também ..se chama "Ikkitousen" é um anime de luta onde tem muito ecchi(ecchi é anime de pervertido tipo eu kkkk)

Beijos e cuide-se

RIMAS DO PRETO

Intimo e Sigiloso disse...

Me acostumando com novas experiencias e to curtindo .. vc realmente explica que é uma delicia!

rafalin disse...

Uma delicia...beijos!

Anônimo disse...

Só você Conde, para chegar a esta conclusão do leite Humano *hi-hi-hi*
Adorei; olha só que cama fufucha,deve ser super macia sem contar que combina com a =^.^= !

Linda, grata por suas visitas

ESCARLATTE

aldrey disse...

Que linda a sua caminha gatinha,toda meiguinha..Bom eu prefiro a cama mesmo kkkk
bjs lindona,tenha um lindo find

ENTREGA E SUBMISSÃO disse...

munitinha!!
beijos doces

Nil Lima da Silva disse...

Oi Kitty, tudo bom minha querida?!!?
Quantas saudades!!!!
Fiquei super feliz com suas ultimas visitas e contente em saber que vai nascer um leãozinho na sua familia de felinas. O pequeno rei leão..srsr Vocês vão adorar!!!! Eu pessoalmente adoro fazer enxoval de menino. Fique a vontade para pegar o que quiser no meu blog. Mi casa es su casa!!!
Kitty você tem um talento para escrever que eu fico de boca aberta.
Parabens pela sua sessão e pelo poder incrivel que você tem de descreve-la com minúcias.
Seja feliz minha amiga, na verdade acho que você esta sendo muiiiiito feliz!!!!
Bjs mil e fique com Deus

OLD SORCERER disse...

Linda e doce Peincess Kitty,

Sempre se destaca por sua atenção aos detalhes e por sua sensibilidade ao abordar qualquer tema.
Agradeço com todo carinho as suas palavras, elogios que me fizeram muito orgulhoso e feliz.
Quero dizer que a considero uma grande mulher, linda interior e exteriormente. Uma amiga exemplar, daquelas que jamais devemos descuidar para que não a percamos ao longo da jornada, porque com toda a certeza é insubstituível.
Tenha um lindo final de semana ao lado do seu amado e uma semana espetacular.
Beijo com todo o meu afeto e gratidão.

O caminho de perséfone core disse...

Kitty!
Eu já tinha visto seu post, mas só agora retornei com mais calma para comentar!

Petplay é delicioso demais! As brincadeiras, as carícias, a nossa caracterização de animalzinhos de estimação de Nossos DONOS...aiii.

O que me deixa encantada em você, é sua sensibilidade. Você consegue passar todos os seus sentimentos e nos remete a um mundo de sensualidade, paixão, inocência (sim inocência!) e muito BDSM!

Beijos gatinha rosa!
{perséfone core}_DC

SexyButterfly disse...

Kitty querida!

Gatinha, você arrasa com a borboletinha aqui, contando essas coisas!

E eu tava morrendo de saudade de ler suas histórias...

Beijos borboléticos!

Eros e suas experiências. disse...

Minha gatinhaaaaaaaaaaaa que saudades de você que delicia de narrativa cada vez mais tenho convicção de que seu dono vem lhe tratando muito bem.

Beijos carinhosos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...