Já fui muitas coisas. Já estive tantas outras. Já mudei de opinião e me reinventei diversas vezes. Já acertei, já errei, disse coisas em que não acredito mais e acredito em outras que antes não acreditava. Não me envergonho de quem eu fui, de quem eu sou e de quem eu serei. Rio de mim mesma, amadureço, vivo! Hoje sou apenas um bichinho de estimação curioso, ávido por novas brincadeiras e desafios. Um bichinho que gosta de brincar, ronronar, se esfregar, mas que também arranha um pouquinho às vezes. Um bichinho que não sabe se definir, mas que com toda a certeza ainda sabe SENTIR. E eu sinto que eu não posso mais viver sem o BDSM na minha vida. Eu preciso vivê-lo intensamente. Eu preciso me entregar a esse fetiche, esse desejo, essa loucura, como quer que chamem, mas eu preciso. O tempo passa, as coisas e pessoas mudam, mas uma coisa prevalece em mim: Essa vontade que me consome, esse desejo em ter meu corpo dominado, minha mente subjugada, meus desejos cedidos a outro. E eu prossigo, me perdendo em labirintos, abrindo e fechando portas, tentando encontrar uma saída que me leve de encontro aos meus desejos mais secretos.=^.^=

Escrito por princess kitty

Minha primeira sessão


09 de dezembro de 2010. 5h da manhã. Um corpo se levanta. Sai de seus sonhos noturnos para entrar em um sonho real...

A pele muito branca. O cabelo muito loiro. Os olhos muito azuis. Dentro daqueles olhos havia algo. Algo que nem ela sabia que tinha. Havia uma sede, uma ânsia, um desejo. Finalmente ela estava indo se encontrar com Ele. Mas mais do que encontrar com Ele, ela estava indo encontrar a si mesma. Encontrar com seus desejos há tanto tempo reprimidos. Se encontrar com a mulher esquecida no seu dia a dia. E principalmente se encontrar com "Ela". Com a dor. Tanto tempo desejando, querendo, se preparando e agora ela estaria ali, indefesa, sem saber o que aconteceria. Sendo conduzida por Ele, que a apresentaria aos seus desejos mais intímos, suas fantasias mais secretas. Ele que há conhecia como ninguém, que sabia confortá-la, que a escutava, aconselhava, horas e mais horas de conversas sem fim. Ele que não a deixou desistir. Ele que jamais, por mais que ela dissesse que não conseguiria, desistiu dela. Contra todas as possibilidades, contra todas as dificuldades, ele persistiu e não a abandonou. E agora ela estava lá se preparando para dar mais um passo nessa relação que fazia tão bem a ela: A sessão.

Lingerie escolhida. O creme deslizando pelo corpo. Plug colocado. Ela estava se sentindo incrivelmente bem. Confiante. Segura de si. O dia estava perfeito. Apesar do nervosismo o sol brilhava para ela naquela manhã. Finalmente vou viver isso, pensava. Anos e anos achando que tudo era uma fantasia. Quase dois anos estudando, aprendendo, conhecendo pessoas, algumas se foram, outras ficaram. E Ele. A certeza da escolha certa. Sim, Ele era sua escolha certa. A empatia que Ele sentia por ela, de saber exatamente como estava se sentindo e o que fazer e dizer para ajudá-la. Essa empatia que sempre a surpreendia. Que a acalmava e controlava sua impulsividade. E que despertava sua libido e a deixava se sentindo uma menininha boba frente a um homem muito experiente. Mas ela não era uma menininha boba...

O corpo exalando perfume. A seda do vestido acariciando sua pele. Seu sexo em chamas. Estava pronta. Pronta para o encontro que esperou a sua vida inteira. Pronta para viver o que tanto fantasiou. Aquilo que tantas vezes imaginou.

Os lábios entreabertos de desejo. O sorriso fácil. O contraste daquela pele morena com a sua pele branca. Dentro de um carro fica-se tão próximo um ao outro. Os corpos se esbarram. As mãos fortes segurando os pulsos, tentando algemar, ela luta, diz que não, mas ele insiste, a algema com as mãos pra frente. Ela desliza suas mãos e se liberta das algemas. "Ah, você passou creme! Você nunca mais usa creme!" diz Ele. Ele para o carro, e volta a carga, ela resiste ao máximo que pode, até que se rende e Ele a algema com as mãos para trás. E então o jogo começa. Ele finalmente pode fazer o que queria, verificar se ela estava usando o plug. As mãos dele invadem suas pernas por baixo do vestido, subindo, roçando, até tocar seu sexo sob a calcinha. Ela está morta de humilhação. Ele a toca, mexe no plug. Ela fecha os olhos. Que sensação estranha, humilhada, envergonhada, mas muito excitada.

O carro segue seu percurso. Chega ao seu destino. Uma porta é aberta. E um mundo de sensações é descoberto. A primeira ordem. As primeiras recusas. Sua resistência. A dificuldade em ceder. A luta Dele em dobra-la. A imposição da vontade Dele sobre a dela. Por mais inútil que seja ela tenta escapar. Escapar daquelas mãos fortes. Daquele corpo que ela deseja. Mas ela tenta. E ele a dobra. E a obriga. Tapa no rosto. Puxão de cabelo. Um vestido caindo ao chão. Uma coleira sendo colocada. A humilhação novamente. Se sente ridícula com aquela coleira. Ele a faz ajoelhar. Ela reclama. Provoca. Os primeiros golpes. Sendo arrastada para a canga. Cane. Ela se encontra com a dor. Esta em extâse. Palmatória com espinhos. Gotas de sangue. Chibata. Chicote. Ela não sabe com o que está apanhando. Mas adora, delira. A pele quente. Uma pele delicada demais. Vergões altos. O bumbum vermelho. Ela se diverte. Finalmente está feliz. Continua se rebelando. Dando um jeito de não colocar a mordaça. Fugindo da venda. Tentando se soltar das cordas que a prendem na cama. As velas grossas sendo derramadas sob seu corpo. Se deliciando em ser torturada. Adorando dar prazer a Ele quando Ele assim o permite. Recebendo castigos de diferentes maneiras e posições. E mesmo assim querendo se aconchegar a Ele. Buscando no seu carrasco a sua proteção. Querendo ser Dele. Desejando que Ele a toque. Recebendo prazer. Plug, vibrador, suas mãos. Sendo sufocada. Cedendo. Negando. Provocando.

Gritos. Sussurros. Gemidos abafados. Ansiando sentir o corpo dele junto ao dela. Querendo mais. Querendo ser possuída por inteiro. Mas isso não acontece. Ela não é posse. Ela não tem um Dono ainda...

Demorei para escrever sobre a minha primeira sessão, não sabia se conseguiria pois os sentimentos foram muito intensos. Por isso escrevi na 3ª pessoa. Me coloquei de fora, para ter uma visão melhor dos fatos. Da euforia por ter realizado isso a frustração que não esperava. Adorei a minha primeira sessão, conheci a dor, a humilhação, e também o cuidado. Senti o prazer em ser dominada, conheci um pouco mais de mim, das minhas reações, da minha personalidade S/M. Até certo ponto tudo foi perfeito, ao menos para mim... mas a vida nos coloca obstáculos, cria dificuldades, transforma alegrias em tristezas... pois somos seres humanos, cometemos falhas, e por mais que planejemos ou desejemos algo, não controlamos tudo...

E é preciso aceitar, superar e entender. E saber que se algo aconteceu não dá para voltar atrás, mas que todos merecemos nos dar uma segunda chance, que todas experiências são válidas e servem para nos trazer mais conhecimento sobre nós e sobre os outros. O importante é tentar, superar nossos medos e seguir adiante com a certeza de que um novo dia sempre se levanta e o sol sempre volta a  brilhar para nós.

{princess kitty}龍戦士
Não tenho fotos da minha primeira sessão, mas fotografei minhas marquinhas pós sessão um dia depois

video

Something a Bit Vague- Julie Delpy

There's something about your eyes
Something a bit vague
Oh, so lonely
but so damn lovely
There's something about your smile
Something a bit vague
Oh, so lovely
but a touch scary
There's something about the way you touch me
Just a bit cold
but definitely bold
There's something about the way you love me
Just a bit distant
but so damn persistent
And there's nothing about you I won't take
Nothing about you I could ever reject
'Cause there's something about you...
There's something about the way you hurt me
Something vicious and definitely sick
There's something about the way you worry
Sometimes so caring and always confusing
And there's nothing about you I won't take
Nothing about you I could ever regret
'Cause there's something about you I can't forget
'Cause there's something about you...
So lovely, so lovely
Lovely, lovely
Miaubeijos =^.^=


14 comentários:

龍戦士 disse...

Lindo post, como sempre... mas não fique chateada minha gatinha. Tudo a seu tempo. Conversamos sobre isso, e fiquei muito feliz que tenha entendido e desejado seguir com as próximas sessões.

Sim eu disse proximaS, plural ;)

E adorei ver as marquinhas que eu fiz no bumbum da gatinha, acho que dá próxima vez vou fazê-las escrevendo as iniciais (sem bem que fazer um S com a cane vai ser mais difícil que fazer a gatinha ficar parada na sessão lol).

Beijos, minha gatinha
龍戦士

princess kitty disse...

Sr Tatsu!

Sim, conversamos, o Sr me enviou músicas, conversamos mais, mais músicas, foram dias e noites de muitas conversas e músicas após a nossa primeira sessão. Como eu poderia não entender e não desejar seguir em frente com nossos desejos? Como eu poderia resistir ao Sr? Resistir a mim mesma, aos meus desejos de ser SUA? Simples, não posso, por isso me rendo ao Sr.

E quanto a fazer as suas iniciais com as marquinhas no meu bumbum, ufa! Fique a vontade para fazer o T e o S, só por favor, não invente de escrever em kanji como no seu perfil, senão não tem bumbum que aguente rsrs :P

Miaubeijos da sua kitty =^.^=

Dorei Fobofílica disse...

Baby Kitty!

Só hoje soube do teu blog por meu do selinho teu que recebi por intermédio da Veronika, que surpresa a minha de ver que também me segues e indicas meu blog. Que satisfação a de ver que tens um lindo blog, digno mesmo da Realeza!
Também estou te seguindo e vou por o teu blog nos meus indicados, não podia ser diferente, mas procurei pelo teu bunner, não vi... Sei que a Lena faz uns cheios de efeitos que não sei fazer, mas sei fazer aqueles paradinhos, se quiseres, faço para ti.

Beijinhos, Kitty!

princess kitty disse...

Hello Dorei Fobofílica!

Claro, eu vou miaudorar! Não tenho bunner e nem sei fazer, ficaria muito feliz se fizesse pra mim :D!
Eu já te seguia, só não tinha tido tempo ainda de comentar no seu blog, que tbm adoro!(entrei na blogosfera segunda feira, ohhhh, mundo agitado,esse, rsrs)Estou indo te responder no seu blog tbm! Miaubeijos e seja muito bem vinda!

{ÍsisdoEgito}JZ - Tua, somente tua disse...

Kitty,

Belo relato da primeira sessão.

Intenso, cheio de surpresas...

Lindas marcas ficaram de recordação.

Porém o mais gostoso, é saber que, a partir dessa postagem gostosa de se ler, dessa sessão, tu pertences AQUELE que conquistou esse direito de te possuir.

Desejo-te sorte na caminhada, é árdua, sem dúvida, mais vale à pena com certeza!

Beijos carinhosos,

ÍsisdoJUN

Dorei Fobofílica disse...

Kitty, já reduzi o bunner, é o mesmo, porem menorzinho, agora fico aguardando o desenho que vais escolher para eu poder fazer, como vais querer e tals.

Beijinhos!

princess kitty disse...

Olá {ÍsisdoEgito}JZ :

É exatamente isso, o pertencer, o ser de, que me fascina.

Sei que não é fácil, e admiro muito quem consegue isso verdadeiramente como você.

Muito obrigada pelos desejos de boa sorte, sei que a caminhada é árdua e dificil, e estou colocando apenas a ponta do meu pézinho dentro dela. Mas espero conseguir segui-la até o final, buscando sempre conhecer meus desejos e os desejos Daquele que me possui.

Miaubeijos, e obrigada pelas suas palavras de encorajamento :D! ( sei que vou precisar rsrs) =^.^=

Dorei Fobofílica:

Linda, já trouxe seu novo bunner e te respondi lá no seu blog. Miaubeijos!

Liliana disse...

Boa noite!

Fiquei arrepiada, linda sessão. Beijoquinhas.

princess kitty disse...

Liliana:

Obrigada, seja bem vinda! :)!

Erótica.plus disse...

Vim retribuir tua doce visita. Li alguns posts e confesso que essa prática me provoca um misto de curiosidade, admiração e ao mesmo tempo uma certa angústia. Mas com alguns esclarecimentos da minha grande amiga Dorei fobofílica, estou passando a entender melhor sobre tudo isso. Mas acima de tudo, eu respeito demais todas vocês. É tudo muito novo pra mim e confesso estar me encantando com algumas descobertas. Mesmo que não seja a minha praia. Bjs e um carinho em ti. Sigo-te.

Ingrid disse...

belo blog...
parabéns... ;-)
beijo.

princess kitty disse...

Olá Erótica!

Fico feliz que tenha gostado do meu cantinho tbm :D! Eu ainda estou dando meus primeiros passos no BDSM, e sim , algumas vezes pode ser angustiante, mas não deixa de ser fascinante. (Até rimou :P rsrs) Miaubeijos linda =^.^=

Olá Ingrid!

Obrigada! Seja sempre bem vinda!Miaubeijos!

{Júlia}Domador disse...

Princess... hj não parei em casa, só agora respondi seu comentário e passei por aqui de novo...rs... pelo jeito vou virar leitura assídua... intenso até a última raiz... adorei!

bjus

princess kitty disse...

{Júlia}Domador:

Obrigada querida, fico feliz que tenha gostado. E adorei a resposta em seu blog, é isso mesmo, estou me descobrindo, e é muito importante para mim poder acompanhar e conhecer pessoas como você que tem tanto a passar. Miaubeijos =^.^=

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...